Conecte-se a nós

Notícias

Samu e bombeiros atuam de maneira integrada em Lages

Published

em

O procedimento será como antes, o cidadão que precisar de socorro deve ligar para o 192 ou 193 - Foto: Patrícia Vieira

O Corpo de Bombeiros Militar de Lages e o Serviço Médico de Atendimento de Urgência (Samu) passam a atuar de maneira integrada para realizar os atendimentos pré-hospitalares em Lages. O novo sistema começou a funcionar na terça- feira (28).

De agora em diante, os funcionários das duas instituições passam a dividir o mesmo espaço físico. A Central de Regulação de Atendimento fica localizada à Rua Mato Grosso, no Bairro São Cristóvão, em Lages.

O capitão do Corpo de Bombeiros Ivonilson Varela Duarte explica que os bombeiros e o Samu ficarão na mesma sala para atendimento das ligações, mas o procedimento será como antes. O cidadão que precisar de socorro, deve ligar para o 192  ou 193, o que muda é a logística interna.

O serviço continua 24 horas. Se ele ligar para o número 193, será atendido por um socorrista dos bombeiros. Se discar o 192, o atendimento será feito pelo Samu. Com a integração, todos os chamados para atendimentos pré-hospitalares passarão por um médico regulador, para priorizar quais pacientes devem ser atendidos pela ambulância básica ou avançada.

“O que muda a partir de agora é que a central passa a contar com a presença de um médico. Este profissional será responsável por regular os casos clínicos” disse Varela.

Outro ponto positivo será a agilidade nos atendimentos, segundo o capitão. Com isso, quando os militares chegarem à ocorrência, passarão as informações ao médico do Samu. Neste caso, o médico da Central de Regulação do Samu orienta para qual unidade de saúde o paciente deve ser levado, seja Pronto Atendimento ou hospital.

Prioridade ao atendimento

Para o médico e coordenador regional do Samu, Leonardo Augusto Coelho, a mudança é promissora para todo o serviço, principalmente para a população. “A expectativa é que ocorra maior entrosamento entre Samu e bombeiros, fazendo com que os procedimentos sejam aperfeiçoados e melhorando o atendimento final”, afirma.

Segundo Leonardo, a otimização das forças também auxiliará no atendimento das ocorrências mais graves. Hoje, o Samu de Lages dispõe de duas Unidades Móveis de Suporte Básico e uma Unidade de Suporte Avançado, que é a ambulância mais equipada , além do acompanhamento de um médico.

Uma ambulância dos bombeiros  também presta atendimento à população. Com as duas estruturas atuando juntas, não haverá mais risco de duas ambulâncias se deslocaram para atender à mesma ocorrência.

Quando chamar

Samu: 192

  • Dores no peito que surgem repentinamente;
  • Crises de convulsão;
  • Perda de consciência, desmaio e hemorragias;
  • Intoxicação com produtos de limpeza e envenenamento;
  • Pacientes com transtorno de comportamento (drogados, pessoas que queiram se suicidar, etc).

Bombeiros: 193

  • Socorro a vítimas de ferimentos por arma de fogo, faca, estilete canivete;
  • Acidentes de trânsito com um ou mais feridos;
  • Quedas com ferimentos e fraturas;
  • Choques elétricos graves;
  • Ataques de animais, como cães e abelhas.
Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: