Conecte-se a nós

Notícias

Revitalização do Centro recebe novo aporte

Published

em

Foto: Reprodução/ Divulgação

A Secretaria de Planejamento e Obras de Lages celebrou convênio com o Governo Estadual e já recebeu R$ 15 milhões para dar continuidade às obras de revitalização do Centro da cidade.

Segundo o secretário da pasta, Claiton Bortoluzzi, faltam questões burocráticas para retomar a construção. O projeto original passou por adequações técnicas e precisou de novo levantamento de orçamento da obra. A montagem do edital está em andamento para encaminhar a licitação.

Segundo ele, a intenção é dar uma identidade própria às ruas Nereu Ramos e Coronel Córdova, parte da Correia Pinto e os calçadões das praças João Costa e Túlio Fiúza de Carvalho, que compõem a revitalização, criando um espaço de circulação de pessoas com a menor interferência possível do trânsito de veículos.

“Estão previstos no projeto, a pavimentação, colocação de postes, fiação e até mobílias diferenciadas” , explica Botoluzzi, ao destacar que vencidos os trâmites legais, a obra deve ser  retomada em até 90 dias. “A obra é realizada por etapas. E essa é mais uma delas”, disse

Como parte da revitalização, Bortoluzzi conta que duas construções metálicas e com vidros fazem parte do layout . Uma delas vai abrigar um café, o Posto da  Polícia Militar, bancas de revistas e banheiros públicos. A construção maior vai acolher um palco, onde as atividades locais serão desenvolvidas, caso do Recanto do Pinhão.

Projeto

A demolição do prédio do antigo Colégio Aristiliano Ramos, na Praça João Costa, está quase concluída. Quem passa por lá, ainda vê pode ver os tapumes que cercam a antiga escola. A estrutura principal está demolida e apenas a parte do ginásio ainda está de pé.

A revitalização prevê troca de pavimento, implantação de nova iluminação pública, parte de urbanismo e, principalmente, o cabeamento subterrâneo,

O projeto foi elaborado pela Secretaria de Planejamento e Obras com um aporte da empresa espanhola IDP. Em julho do ano passado foram aprovadas as alterações no projeto original, como a criação de mais vagas de estacionamento. Inicialmente, a obra está orçada em R$ 20 milhões.

Etapas

Em novembro de 2013, a Prefeitura apresentou pela primeira vez o projeto de revitalização. Ele foi desenvolvido pela prefeitura, através da Secretaria de Planejamento, em parceria com o governo do Estado, CDL, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Associação Empresarial de Lages (Acil) e demais envolvidos. Foi amplamente discutido pela população, através de segmentos da sociedade civil organizada.

Contudo, para que a obra pudesse ser oficialmente iniciada, era preciso  definir o destino do antigo Colégio Aristiliano Ramos, que, na época, estava interditado havia dois anos. O Governo do Estado, declarando o alto custo da reforma do prédio, decidiu pela demolição da estrutura.

Porém, o Ministério Público entrou com ação civil pública para manter em pé a edificação. Em outubro do ano passado, o Tribunal de Justiça de Santa Catarina autorizou a demolição do prédio. A Prefeitura contratou uma empresa em caráter de emergência para realizar o serviço, que iniciou no dia 8 de dezembro.

Houve, também, problemas com as empresas compartilhadoras de TV, internet e telefonia que emperraram as obras. Os postes de iluminação pública não podiam ser retirados para que a Celesc pudesse desmontar a rede aérea.

Os recursos para a revitalização do Centro de Lages são do Governo do Estado e chegam a R$ 20 milhões. O projeto começou em 2013 e precisou sanar questões referentes a modificações técnicas.

Compartilhe
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais