Conecte-se a nós

Notícias

Revitalização da Papa João XXIII só ano que vem

Published

em

Papa João XXIII tem problemas de fluência no trânsito - Foto: Bega Godóy

A Secretaria de Planejamento e Obras está trabalhando em quase 100 projetos de ruas e avenidas, dentre eles, a revitalização da Avenida Papa João XXIII. A via é uma das que mais recebe reclamações dos moradores pela falta de fluidez e por consequência pelo registros de acidentes.

A previsão da revitalização da Papa João XXIII, segundo a secretaria, deve acontecer somente no próximo ano. E será uma obra completa. “Para tirar a ciclovia tem de dar alternativa. Não é uma obra tão simples. A revitalização será a partir do Bairro Petrópolis até a BR-116”,  explica o secretário da pasta, Claiton Bertoluzzi.

Ele se refere a ciclovia implantada, há quase quatro anos na via. Medida que desagrada, é alvo de críticas e apontada como estorvo na fluência do trânsito por  ter sido projetada numa subida.

O diretor de planejamento e urbanismo da secretaria, Roberto Provenzano, reconhece que o fluxo de ciclistas é pequeno. Contudo, avisou que a classe continuará prestigiada no novo projeto. A implantação de dois novos loteamentos na região, por exemplo, motivaram a revisão do plano diretor nas questões de zoneamento e mobilidade. “A curto prazo, estes empreendimentos vão dar movimento ao bairro e à avenida e tem que se prever esse crescimento”, assegura.

Nelson Gabiatti, gerente do Posto Beatriz, situado na avenida, sabe bem como é complicado o trânsito naquele trecho, principalmente na hora de pico (manhã, meio dia e início da noite). “Os carros passam voando. Não tem nada que segure. Aqui na avenida é uma abuso. Poucos respeitam a sinalização, seja pedestre, ciclista ou motoristas”, reclama.

Porém, a notícia é de que suas preocupações, e dos vizinhos da redondeza, serão amenizadas. A lombada em frente ao posto será refeita, uma preocupação a menos para o gerente e usuários. “Seria necessário na frente da panificadora”, opina.

Outro problema apontado por Nelson é o fluxo dos carros que vem dos bairros São Pedro e Gralha Azul, que buscam acesso à Papa João XXIII. “Eles saem da Rua Adolfo Freygang e fica complicado”, explica.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: