Conecte-se a nós

Notícias

Rede de energia elétrica passará por nove municípios da Serra Catarinense

Published

em

Projeto foi apresentado para empresários de Jaragua do Sul - Foto: Fábrica de Comunicação/ Divulgação

Cinco linhas de transmissão de energia elétrica serão construídas em Santa Catarina. O projeto prevê cerca de 500 quilômetros de redes, que passarão por 31 municípios, nove na Serra Catarinense. Os detalhes foram apresentados, na semana passada, ao governo do Estado pela EDP Aliança SC, empresa formada por convênio entre a EDP Brasil e a Celesc. Ao todo serão investidos R$ 1,3 bilhão, valor que inclui a construção de uma subestação de energia.

Para Luiz Otavio Henriques, presidente da EDP Aliança SC, o empreendimento vai atenuar a dependência atual da energia proveniente da Usina Termelétrica – UTE Jorge Lacerda, localizada no município de Capivari de Baixo, mais onerosa para o consumidor final, além de possibilitar o reforço estrutural do sistema de transmissão já existente. “Trata-se de um investimento que vai proporcionar ao estado de Santa Catarina a infraestrutura energética necessária para atingir todo o seu potencial econômico”, afirma Henriques.

Audiências Públicas, que fazem parte do processo de licenciamento ambiental do empreendimento – foram realizadas entre os dias 11 e 14 de junho — e que segundo a empresa, contaram com a participação da população dos 31 municípios da área de influência das obras.

Na ocasião, a equipe da EDP Transmissão Aliança SC percorreu mais de 500 quilômetros para realizar, juntamente com o Instituto de Meio Ambiente (IMA), as Audiências Públicas de apresentação dos estudos de impacto ambiental do projeto.

A expectativa dos empresários é de que a Licença de Instalação (LI) seja concedida em breve, para que a construção tenha início ainda no segundo semestre deste ano. O cronograma de execução prevê que a obra seja concluída em 20 meses, com possibilidade de antecipação. Quando estiver no pico, o empreendimento deverá empregar 2.300 trabalhadores.

Ampliação do sistema

A ampliação do sistema de transmissão energética para o estado de Santa Catarina estava contemplada no terceiro maior lote (número 21) do leilão de transmissão realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) em abril de 2017.

Em seu escopo encontram-se a construção de cinco novas linhas de transmissão de cerca de 500 quilômetros de extensão; uma subestação em Siderópolis (525/230 kV) e melhorias nas demais subestações presentes no traçado. O prazo de concessão dos empreendimentos é de 30 anos.

Municípios na área de influência

Os municípios por onde as obras irão passar são: Biguaçu, Antônio Carlos, São Pedro de Alcântara, Águas Mornas, São Bonifácio, São Martinho, Rio Fortuna, Braço do Norte, Grão Pará, São Ludgero, Orleans, Lauro Muller, Urussanga, Cocal do Sul, Siderópolis, Nova Veneza, Forquilhinha, Bom Jardim da Serra, São Joaquim, Urupema, Painel, Lages, Capão Alto, Campo Belo do Sul, Cerro Negro, Anita Garibaldi, Abdon Batista e Campos Novos.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: