Conecte-se a nós

Notícias

PT ainda aguarda o PP ou PMDB

Published

em

Lages, 18/06/2010, Correio Lageano

 


A candidatura da senadora Ideli Salvatti ao Governo do Estado de Santa Catarina é irreversível, mas o cargo de vice ainda pode ser negociado com outros partidos, de preferência com o PP ou o PMDB.
Essa é a expectativa do diretório estadual, segundo o presidente do PT em Santa Catarina, José Fritsch, que esteve ontem em Lages fortalecendo as bases do partido para as eleições de outubro.

 


Fritsch lembra que o nome de Ideli foi confirmado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pela pré-candidata do PT à presidência, Dilma Rousseff. “Depois desse apoio não temos como recuar. A candidatura de Ideli como cabeça de chapa é irreversível.”

 


Ele comenta que o PT já conseguiu formar o que está sendo chamado de “Penta Aliança”. Ou seja, tem confirmado o apoio do PR, PRB, PC do B e PSB. Ainda existe a possibilidade do partido ter o apoio do PDT, que já se declarou favorável a Dilma Rousseff.

 


“Aguardamos nos próximos dias um entendimento com o PP ou com o PMDB,” prevê Fritsch. Para fechar a negociação o PT oferece o cargo de vice-governador ou uma das vagas ao Senado.
Caso o entendimento ocorra com o PP, a sugestão é que Angela Amin seja a vice de Ideli Salvati e que Esperidião Amin concorra ao Senado ao lado de Cláudio Vignatti do PT, já que o Senado Federal será renovado em dois terços.

 


Caso a coligação ocorra com o PMDB, Eduardo Pinho Moreira seria o vice de Ideli, ou a candidatura de Luiz Henrique da Silveira ao Senado passaria a contar com o apoio do PT.

 


Caso as coligações citadas acima não ocorram, o PT já tem alternativas mapeadas. Para vice de Ideli o PR indica o empresário Udo Döller e para a vaga do Senado tanto o PC do B quando o PDT possuem candidatos.

 


“De uma forma ou de outra temos nossa candidatura fechada. Já fizemos reuniões em todas as regiões do estado e agora estamos ouvindo os setores da economia. Nosso plano de governo está bem adiantado.”

 

 

Lages terá três candidatos pelo PT

 

Hélio Furlan é o pré-candidato do PT a uma vaga de deputado federal e as cadeiras na Assembleia Legislativa serão disputadas pelos pré-candidatos Leandro Durigon e Moisés Savian.

 


Para o presidente estadual do PT, José Fritsch, o número de candidatos na principal cidade da Serra Catarinense reflete a boa fase do partido em todo o Brasil. São mais de mil filiados em Lages e cerca de 50 mil em toda Santa Catarina.

 


Fritsch diz que toda essa densidade deve ser mostrada na convenção do partido, marcada para o dia 26 de junho no centro multiuso, em São José, litoral catarinense.

 


O evento ocorre pela manhã e a tarde está programado um ato político. “Só mudaremos a data do ato político, caso exista a possibilidade de Dilma Rousseff ou de Michel Temer participarem. Sabemos que a Dilma estará no Rio Grande do Sul, o que facilita,” diz Fritsch.

 

Foto: Daniele Melo

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: