Conecte-se a nós

Negócios

Projeção é que vendas online devem crescer 12%

Published

em

Os números só crescem e mostram que não é apenas uma tendência, o comércio on-line virou realidade poderosa - Fotos: Bega Godóy

Atualmente, é possível adquirir praticamente todos os tipos de produtos e serviços pela internet. Com a proximidade do Natal, o universo online tende a crescer e a expectativa é que haja mais vendas nessa modalidade do que nas lojas físicas e com projeção de crescimento de 12%, em relação ao mesmo período do ano anterior.

Neste ano, 40% dos consumidores deverão realizar as compras de Natal pela internet, de acordo com o levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), enquanto 37% das pessoas devem concentrar as compras em lojas físicas. O Natal costuma ser a segunda maior data de vendas para o e-commerce, ficando atrás apenas da Black Friday.

A estudante de Farmácia Bioquímica, Paloma Steffen Kolling faz parte desse exército de consumidores virtuais. Ela já comprou de tudo, desde jogos de panelas a perfumes, e sempre ficou satisfeita.

Claro, pesquisa muito e dá preferência por entregas sem frete, mas se a oferta for boa e valer a pena pagar o frete, não vê problema. Considera, ainda, os serviços de e-commerce que cada vez estão melhores e mais seguros, resultando numa compra rápida e sem preocupações.

“Analiso preço, pesquiso o histórico do site e, principalmente, o prazo de entrega. Como as BRs que cortam Santa Catarina são rotas das transportadoras, o produto que, normalmente, tem 21 dias para chegar, em Lages é entregue, muitas vezes, em uma semana”, comenta.

Assim como os outros consumidores, Paloma é atraída pela facilidade de comprar e pela possibilidade da retirada na loja.

Infracommerce_ De acordo com Luiz Pavão, diretor-geral da Infracommerce, empresa líder em full service para e-commerce na América Latina, a mudança de perfil do consumidor se deve a diversos fatores.

“As compras pela internet trazem a comodidade de receber todos os produtos em casa, além de facilitar a pesquisa e a busca pelos melhores preços”, explica.

Porém, um ponto importante de atenção é o prazo de entrega, que pode se estender devido ao grande volume de vendas no período. Alguns varejistas já oferecem serviços como comprar pela internet e retirar na loja, o que agiliza o processo e dá mais segurança ao consumidor.

O especialista da Infracommerce afirma que o comércio online não tem conflitos com o físico, pelo contrário, eles são complementares. “Além de públicos e demandas diferentes, as empresas começaram a entender que soluções que conectam o físico ao online fidelizam clientes e criam uma nova experiência de compra”, diz Pavão.

E-commerce deve faturar bilhões

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) confirma a projeção de crescimento de vendas online em 12% no período do Natal. Ainda segundo o vice-presidente da entidade, Rodrigo Bandeira, tanto os Correios quanto as empresas de transporte privado vêm investindo em tecnologia para garantir uma entrega segura e rápida.

“Do lado dos varejistas, os prazos praticados têm sido cada vez mais coerentes/prudentes, evitando, assim, reclamações por atraso. Boa parte dos empresários possui, ao menos, duas empresas para essa prestação de serviço”, explica.

As categorias mais vendidas são na linha de informática, celulares, eletrônicos, moda e acessórios, casa e decoração. Acompanhe abaixo a expectativa para o período entre 20/11 a 22/12.

“Cliente prefere a loja física”

O diretor executivo da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Jhonatan Roberto da Silva, garante que em Lages e região, a cultura e a realidade geográfica mostram um aspecto diferenciado no que se refere a compras virtuais.

“O cliente ainda prefere estar na loja física, primando pelo relacionamento com o vendedor”, observa. Outro fator regional, segundo ele, é a disponibilização por grande número de lojas e estabelecimentos da venda com uma série de facilidades, como crediário, cheque pré-datado, parcelamento no cartão, dentre outras, o que faz esta adesão à loja física se manter em alta.

Para ele, a satisfação de ter o produto em mãos imediatamente após a compra e a garantia de não se decepcionar, são algumas das argumentações dos clientes que preferem a loja física.

A CDL facilitou o acesso ao pequeno empresário, característica da maioria dos associados da entidade, e ampliou a atuação do seu negócio no ambiente online, criando o serviço CDL Ofertas, um portal multiplataforma, onde é possível encontrar as ofertas e a divulgação de serviços e produtos das empresas lageanas, com a possibilidade de pesquisas e consultas segmentadas por atuação e localização.

Compartilhe
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais