Conecte-se a nós

Notícias

Previsão indica sol e pouca chuva para os próximos dias

Published

em

Chuva isolada ainda podem ocorrer até quinta-feira, informa a Climaterra - Foto: Patrícia Vieira

Com a chegada do mês de abril, as temperaturas baixam um pouco e, com elas, diminui também a incidência de chuvas – tempo típico do outono. Esta terça-feira (3), o dia será de mais nuvens e nevoeiros no início da manhã, e segue com aberturas de sol. No período da tarde, condição de chuva isolada na Serra Catarinense. Em Lages, a temperatura mínima deve ficar em 13ºC e a máxima não deve passar dos 22ºC.

De acordo com o engenheiro agrônomo da Climaterra, Ronaldo Coutinho, ainda nesta semana a chuva começa a diminuir na Serra Catarinense. Para os próximos dias, por exemplo, a previsão indica período de clima mais seco e temperatura em elevação no Estado. Porém na Serra, os dias devem ser mais fresquinhos, típicos do outono.

Conforme os meteorologistas da Epagri/Ciram, a partir dos dias 12 e 13, uma nova frente fria deve passar por Santa Catarina, provocando chuva e temporais localizados e, na sequência, a previsão é de diminuição de temperatura. Na segunda quinzena do mês, começam a chegar massas de ar frio mais intensas.

Precipitação

De acordo com a Epagri/Ciram, no trimestre (abril, maio e junho), os totais de chuva estarão próximos da média em Santa Catarina. Em abril, a chuva estará entre próximo e abaixo da média climatológica na maior parte das regiões catarinenses. Nos meses de maio e junho, a chuva fica na média, porém, ligeiramente abaixo em maio no Litoral (Grande Florianópolis, Litoral Sul e Litoral Norte). O órgão destaca que em abril ainda ocorrem temporais com granizo e ventania, por vezes, com acumulados significativos de chuva em curto espaço de tempo. Ressalta-se que eventos de chuva intensa, em curto espaço de tempo, podem ocorrer em qualquer época do ano.

Climatologia (o que se espera para época do ano)

A partir de abril, as frentes frias chegam com mais frequência ao Sul do Brasil, sendo responsáveis pela maior parte da chuva em Santa Catarina. A média mensal em abril, maio e junho é de 120mm a 170mm no Extremo Oeste, Oeste e Meio-Oeste, mais altos no Extremo-Oeste e em junho. No Planalto Norte, Serra, Vale do Itajaí e Litoral Norte, a média mensal é de 90mm a 110mm e varia de 70mm a 90mm no Litoral Sul e Grande Florianópolis. Durante o outono, ciclones extratropicais atuam com mais frequência no litoral do Uruguai, Rio Grande do Sul e Santa Catarina causando vento intenso, mar agitado com ressaca e perigo para a navegação no Litoral Catarinense.

Temperatura

No outono de 2018, a temperatura fica na média climatológica em todas as regiões de Santa Catarina. A partir de abril, chegam as primeiras massas de ar frio, com formação de geada e nevoeiros em algumas localidades do Estado, sobretudo na Serra. A partir de maio, as massas de ar frio devem chegar ao Sul do Brasil, provocando frio mais abrangente, com formação de geada ampla em Santa Catarina. Episódios de neve podem ocorrer associados à massa de ar frio, especialmente na Serra.

Características do outono: os veranicos, períodos prolongados de temperatura mais elevada (acima de 26°C), especialmente no mês de maio; grande amplitude térmica diária (diferença de temperatura mínima e máxima) e nevoeiros associados à nebulosidade baixa, com redução de visibilidade.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: