Conecte-se a nós

Esportes

Pouco movimento, no Centro de Lages, durante o jogo do Brasil

Published

em

Foto: Marcela Ramos

Quando o jogo do Brasil contra a Costa Rica, pela Copa do Mundo, começou na manhã desta sexta-feira (22), às 9h, horário de Brasília, as ruas centrais de Lages estavam movimentadas. A maioria das lojas mantiveram as portas fechadas, entretanto, farmácias, laboratórios, lotéricas e lanchonetes permaneceram abertas.

 

Um grupo de mulheres que veio de Anita Garibaldi, na Serra Catarinense, para consultas e exames médicos aproveitou para passear, pois somente à tarde seriam atendidas. A maioria delas queria ver o jogo. “Eu ia aproveitar para ir ao banco, mas está fechado”, lamentou Amélia Felipone, de 55 anos. Gabriel Precendo de Souza, de 11 anos, também veio da cidade vizinha para uma consulta. Estava triste por não ver o jogo, a torcida era para o Neymar fazer gol.

 

O atendente de lanchonete, Daniel de 33 anos, olhava um pouco para o televisor na parede, enquanto continuava com seus afazeres e atendia os poucos clientes que apareceram no local. Solange, de 31 anos e Elisângela, de 37 anos, também trabalham na lanchonete no Centro, e apesar de torcerem pelo Brasil não estavam tão empolgadas. “Eu acho que vai dar 1 a 1 o resultado do jogo”, comentou Solange.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: