Conecte-se a nós

Notícias

Posto de Saúde oferece reiki

Published

on

Profissionais da Saúde realizando o procedimento em uma paciente -Foto: Andressa Ramos

Mesmo com o medo de ferir a sua religião, que é a evangélica, Sandra Ramos, de 61 anos, aceitou o convite da psicóloga Giovana Bedin Pereira, em uma visita domiciliar, para participar das sessões de reiki, na Unidade de Saúde do Bairro Pró-Morar, em Lages. O tabu sobre a técnica japonesa era um dos fatores que influenciaram Sandra a ter receio, porém, depois de seis sessões, ela declara: “é maravilhoso, mudou a minha vida, meu coração está bem mais aliviado”.

O reiki se baseia na prática de imposição das mãos por meio de toque ou aproximação, para estimular mecanismos naturais de recuperação da saúde. De acordo com o Instituto Brasileiro de Pesquisas e Difusão do Reiki, o método é um sistema natural de harmonização e reposição energética, que mantém ou recupera a saúde. É um método de redução de estresse, captando, modificando e potencializando energia.

Giovana e as colegas Aline Soares Salvador (enfermeira), Jessica Pimentel de Liz (psicóloga) e Ludmilla Córdova de Jesus (cirurgiã-dentista) são profissionais pioneiras na Serra Catarinense em adotar uma das 19 práticas integrativas e complementares lançadas este ano pelo Ministério Saúde. A terapia complementar é utilizada em associação com a medicina convencional, e não para substituí-la. O termo integrativa é usado quando há associação da terapia médica convencional aos métodos complementares ou alternativos, a partir de evidências científicas. Elas completam que os métodos são cuidados a mais com a saúde dos pacientes.

Depois de que a portaria foi publicada, elas iniciaram, em março o atendimento aos pacientes da unidade de saúde. As primeiras sessões foram com cinco pacientes e finalizaram 2017 com 40 pessoas. Grande parte são mulheres com queixas de ansiedade, depressão, e sintomas físicos relacionados à alguma patologia. A mudança na vida das pacientes foi significativa.

Ao observar os benefícios das práticas, a secretária de Saúde, Odila Waldrich, garante, mas sem divulgar data, que, para o próximo ano, quatro metódos serão aplicados em todas as unidades de saúde da cidade: auriculoterapia (é um tratamento através da orelha; dança circular (benefícios ao ser humano sob vários aspectos e integra o movimento de cultura da paz); fitoterapia (terapia pelas plantas) e reiki (redução do estresse e relaxamento que promove a cura). “É um trabalho maravilhoso, eu sou muito favorável destas práticas”, completa Odila.

As práticas_ São tratamentos que utilizam recursos terapêuticos, baseados em conhecimentos tradicionais, voltados para curar e prevenir diversas doenças como depressão e hipertensão. A inclusão foi realizada por meio da Portaria nº 849/2017, publicada no Diário Oficial da União (D.O.U). Homeopatia, Medicina Tradicional Chinesa/acupuntura, medicina antroposófica, plantas medicinais e fitoterapia e termalismo social/crenoterapia, arteterapia, ayurveda, biodança, dança circular, meditação, musicoterapia, naturopatia, osteopatia, quiropraxia, reflexoterapia, reiki, shantala, terapia comunitária integrativa e yoga.

Panorama_ Desde a implantação da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares, do Ministério da Saúde, em 2006, a procura e o acesso dos usuários do SUS a esses procedimentos tem crescido significativamente. Em 2016, mais de dois milhões de atendimentos das PICs foram realizados nas Unidades Básicas de Saúde de todo o país, sendo 770 mil de medicina tradicional chinesa, incluindo acupuntura, 85 mil de fitoterapia, 13 mil de homeopatia e 923 mil de outras práticas integrativas que ainda não possuíam código próprio para registro e que passaram a fazer parte do rol no início do ano. Além disso, a implementação do e-SUS e do prontuário eletrônico tem melhorado a qualidade do registro, o que tem aumentado o número de procedimentos realizados e informados pelas unidades de saúde em todo o Brasil. Outro fator importante foram os cursos de práticas integrativas e complementares ofertados pelo Ministério da Saúde, de 2014 a 2016, para mais de 17 mil trabalhadores de saúde no País. Existem, ainda, mais de 100 mil profissionais na atenção básica e 47 mil em unidades de saúde com formação e habilitação em alguma das práticas integrativas e complementares.

Método é uma das 19 práticas complementares e integrativas

Os benefícios do Reiki, uma prática espiritual originada no Japão e amplamente difundida na grande maioria dos países do mundo, sem dúvida alguma atua de maneira eficaz e altamente positiva na vida de inúmeras pessoas. Esta prática está baseada na crença quanto à existência da energia vital universal que, de acordo com os ensinamentos antigos, pode ser manipulável através da imposição de mãos feita pelos chamados Mestres de Reiki. Trazendo a origem do termo para o português, Reiki corresponde a “energia vital divina”, ou seja, através desta prática é possível ativar todos os recursos energéticos que já nos foram concedidos pela Inteligência Universal. Para que você possa saber um pouco mais sobre esta técnica que vem sendo procurada como forma de tratamento alternativa para inúmeras doenças, falaremos sobre os maiores benefícios.

Como funciona_ Antes de mais nada, é preciso mencionar que uma sessão não vai além da imposição de mãos feita por uma pessoa devidamente capacitada. Logo, não é utilizado qualquer tipo e objeto ou prática que possa oferecer riscos à saúde do paciente. O objetivo da imposição de mãos é manipular as energias para canalizá-las nos centros de força do paciente – os Chakras­ – localizados em determinados locais do corpo. Desta forma, durante uma sessão de Reiki, o aplicador irá impor as mãos ou tocar suavemente algumas partes do corpo, tais como: Cabeça, mãos, pés, costas e tórax. Toda sessão é realizada de acordo com princípios éticos, sempre mantendo extremo respeito pelo paciente que será atendido. Durante a sessão de Reiki não é necessário uso de roupas especiais e muito menos que o paciente as tire. O único requisito é retirar os calçados.

1- Só por hoje, não fique com raiva – Este é o primeiro ensinamento sobre os cinco princípios do reiki, que muitas vezes pode até parecer impossível de ser seguido. No entanto, o primeiro passo é começar a trabalhar internamente para compreender as razões que originam a raiva. Por se tratar de uma energia altamente negativa, a raiva é uma espécie de bloqueadora das energias de cura, o que prejudica todo e qualquer tratamento.

2 – Só por hoje, não fique preocupado – O segundo entre os 5 princípios consiste em lembrar-nos de que tudo que acontece na nossa vida possui uma razão, já que sempre conterá uma lição a nos ensinar.

3 -Só por hoje, sinta gratidão pelas bênçãos que recebe – Somente o verdadeiro sentimento de gratidão poderá atrair abundância em todos os sentidos. Por isso, para que o ser humano possa conquistar bem-estar físico é espiritual, é indispensável buscar seguir esta atitude, que está entre os cinco princípios: Agradecer.

4- Trabalhe com dedicação – Quanto recebemos um trabalho para executar, independentemente da sua natureza, devemos executá-lo da melhor forma, sem jamais prejudicar outra pessoa para atingirmos nossas metas e objetivos.

5- Hoje e sempre, seja gentil – A gentileza é considerada como o amor em ação. Todos nós adoramos receber atitudes gentis e sabemos como nos sentimos bem com elas.

 

Comentários
Compartilhe

Notícias

Placas indicam lombadas que não existem

Published

on

Será construída uma lombada próximo ao cruzamento com a rua Vicente Feola - Foto: Patrícia Vieira

Quem passa pela Avenida Caldas Júnior, no Bairro Santa Helena, em Lages, percebe placas sinalizando a existência de lombadas físicas. Porém, um detalhe chama atenção: elas não existem. Para quem segue em direção Conte/Centro, encontrará sinalizações indicando lombada a aproximadamente 30 metros da entrada das ruas Vicente Feola e Cristiano Brascher.

Uma das placas está bem próxima da Rua Vicente Feola e indica que a 30 metros existe uma lombada. A sinalização fica entre a Panificadora e Confeitaria Delícias de Trigo e o mercado Santa Helena. A outra indicação, fica um pouco adiante, próximo da Rua Cristiano Brascher.

Segundo moradores, as placas foram fixadas há mais de dois anos, e ninguém mais da prefeitura voltou para construir as lombadas. Segundo a Secretaria de Planejamento e Obras, somente uma lombada está dentro da viabilidade técnica e será construída. Ela ficará na Rua Vicente Feola.

O secretário de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi, explica que a implantação da lombada está dentro da programação das inúmeras a serem realizadas na cidade e deve ser executada em breve.

Ele lembra ainda, que há alguns anos foram fixadas as placas indicativas, porém, não significa que serão implantadas as lombadas. “Somente serão construídas as que estiverem dentro da viabilidade técnica, como é o caso de uma na Caldas Júnior”, disse.

Preocupação

O aposentado Vivaldino Rodrigues dos Santos, de 78 anos, morador do bairro há mais de 40 anos, lembra que o fluxo de veículos aumenta a cada ano, e com isso, é necessário que medidas de segurança sejam tomadas, tanto para condutores, quanto para pedestres. “A lombada seria colocada para diminuir a velocidade dos carros que passam a toda velocidade”, contou. Além disso, Vivaldino lembra ainda que a pintura da faixa de pedestres no chão, desapareceu.

O morador Pedro Flores Pereira, de 80 anos, contou que a avenida é movimentada e que, principalmente à noite, os carros passam em alta velocidade. “Aqui tem muito acidente. Toda semana. É necessário que sejam instaladas lombadas, principalmente por ter muitos moradores idosos”, disse.

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo

Notícias

Frio volta a partir de sábado

Published

on

Foto: Bela Lages por Julio Vasco/Divulgação

As tardes quentes fora de época darão lugar o frio típico do inverno. Sensação gelada, principalmente ao amanhecer, prevalece, mas o frio será mais intenso a partir de sábado (21). As temperaturas devem ficar abaixo de zero nas cidades da Serra Catarinense. As mínimas podem chegar aos -6 °C no domingo (22).

Nesta quinta-feira (19) as máximas devem chegar aos 27 °C. Nas demais regiões do Estado, as temperaturas seguem elevadas e podem ultrapassar os 33°C. O sol aparece em boa parte de Santa Catarina. Segundo o Climaterra, as mínimas registradas foram de 1,9°C em Bom Jardim e 2,4°C em São Joaquim; 3,5°C em Painel 4,4°C em Urubici. Houve ocorrência de geada bem isolada.

Na sexta-feira (20) uma frente fria atravessa o Estado ao longo do dia. O tempo será de sol passando a nublado, do Oeste ao Sul. Chuva e trovoada podem ocorrer no decorrer da tarde ou noite no Oeste. Risco de temporal isolado.

Temperaturas em queda à noite. Mínimas entre 8°C e 15°C na maior parte de Santa Catarina, e entre 7°C e 10°C nas cidades da Serra, no fim da noite. Máximas variam entre 24°C e 34°C nas demais regiões do Estado.

 

Queda nas temperaturas

De acordo com o engenheiro agrônomo, Ronaldo Coutinho, as temperaturas caem a partir de sábado (21). A frente fria, que deixa o Estado, dará lugar a uma intensa massa polar. Temperatura baixa em boa parte do dia, sendo muito frio ao amanhecer e noite. Mínimas entre -3 C e 0°C nas cidades da Serra, e entre 1°C e 9°C na maioria das regiões de Santa Catarina. Chance de garoa isolada na madrugada e manhã na região Serrana.

Ainda, segundo Coutinho, a previsão indica pequena chance de garoa congelada ou neve nos pontos mais altos do topo da Serra, no sábado. “Principalmente nas áreas acima dos 1.600 metros, também com chance, maior, de sincelo no Morro das Torres”, explica Coutinho.

Já para o domingo (22) a massa polar segue sobre Santa Catarina. Temperatura muito baixa ao amanhecer e agradável de tarde, e mais alta no Oeste. 

Conforme o site Climaterra, as  temperaturas serão baixas e abaixo do zero em algumas regiões do Estado, principalmente nas cidades da Serra, onde onde os termômetros oscilam entre -6 °C e -3°C, com ocorrência de geada de forte. Mínimas entre -1°C e 6°C na maior parte de Santa Catarina, com ocorrência de geada isolada. As máximas não devem passar os 15°C no topo da Serra, e 26°C em pontos do Oeste e Extremo Oeste.

Alerta

Coutinho alerta para possíveis danos nas áreas de frutas temperadas que exigem pouco frio, que estão em fase de “balão” ou flor, principalmente nas áreas de pomares do Meio Oeste a Serra Catarinense. Pois no domingo, as mínimas podem chegar aos -4°C.

 

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo

Notícias

PM do Rio, acusado de matar jovem que brincava em telhado, tem prisão decretada

Published

on

Por

Ryan foi morto enquanto brincava - Foto: Arquivo Pessoal/ Divulgação

A Justiça converteu em preventiva a prisão em flagrante do cabo da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMRJ) Pedro Henrique Machado de Sá, acusado de matar com um tiro o estudante Ryan Teixeira do Nascimento, de 16 anos, em Magalhães Bastos, na zona oeste do Rio. A audiência foi realizada na Central de Custódia, em Benfica, onde o militar estava preso.

O estudante foi baleado quando brincava com amigos no telhado de um posto de saúde na Rua das Laranjeiras do Sul. Os menores contaram que o policial chegou atirando – fez seis disparos. Um dos menores foi ameaçado e somente liberado pelo militar com a chegada da mãe. Após notarem que Ryan não estava entre eles, os amigos encontraram o corpo dele no telhado do posto.

De acordo com a Polícia Civil, o cabo, que estava fora de serviço, atirou em Ryan por volta das 22h de terça-feira (17), quando o adolescente brincava com mais dois jovens no telhado de uma clínica, que fica em frente à casa do PM. Conforme as informações, o PM ficou incomodado com o barulho dos garotos e disparou contra eles.

A Justiça negou o pedido de liberdade provisória do policial, sob a alegação de que poderia “comprometer a credibilidade das instituições responsáveis pela persecução penal, ante a gravidade em concreto revelada pelo modus operandi[modo de agir] da conduta delituosa”. Ele é acusado de crimes dolosos previstos no Código Penal.

A juíza responsável pela decisão, cujo nome não foi divulgado pelo Tribunal de Justiça por questões de segurança, também determinou o encaminhamento do acusado, com urgência, para exame e tratamento médico, em razão de, recentemente, ter sofrido um infarto.

Por Agência Brasil

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Instagram

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade/responsabilidade do Correio Lageano. A reprodução, adaptação, modificação ou utilização do conteúdo disponibilizado neste site, parcial ou integralmente, é expressamente proibida sem a permissão prévia por escrito do CL ou do titular dos direitos autorais.