Conecte-se a nós

Notícias

Polícias Civil e Militar recebem 129 novas viaturas

Published

em

Foto: Divulgação

Até o fim do ano, serão entregues 296 veículos. Nessa primeira remessa são 129 veículos ofertados pelo Governo do Estado para as Polícias Militar e Civil de Santa Catarina. A distribuição começou ontem e até quarta-feira todas serão repassadas. E Lages foi contemplada. De acordo com o  assessor da Polícia Civil, Carlos Manoel Mendonça a certeza e que Lages entrou no pacote, mas não se sabe com quantos veículos. “Até quarta-feira termina a distribuição no Estado e vamos buscar”, explica. Na Polícia Militar a informação do comando é que irão receber, mas não tem data definida.

O investimento total será de R$ 20 milhões. Durante a entrega na manhã de segunda-feira (27), o governador também anunciou para a próxima semana a assinatura do decreto que regulamentará a base de promoções da Polícia Civil no Estado.

“Estes veículos fazem parte da estratégia de instrumentalizar as nossas polícias para melhor atender a população”, frisou o governador, lembrando a importância da ação. “Nós temos os policiais mais bem treinados do Brasil, com maior vocação para este setor, e é claro que o governo tem que corresponder, dando condições para eles trabalharem”, ressaltou, reafirmando a área da segurança pública como uma das prioridades do governo. “Estamos avançando na área, sempre com foco na preservação da vida”, comemorou.

 

Anúncio para a Polícia Civil

Durante a entrega das viaturas, o governador Eduardo Pinho Moreira anunciou também que na próxima semana será assinado o decreto que regulamenta a base de promoções da Polícia Civil no Estado. “É uma reivindicação de mais de dez anos da Polícia Civil, que tem um trabalho relevante para Santa Catarina. Uma conquista para a polícia e um reconhecimento da importância na repressão e atuação contra o crime”, destacou Pinho Moreira.

 

Combate ao feminicídio e homicídios

Ainda ontem, a Polícia Civil esteve nas ruas com a Operação Cronos, coordenada pelo Conselho Nacional dos Chefes de Polícias Civis (CONCPC) e apoio do Ministério da Segurança Pública (MSP). A operação teve como objetivo o cumprimento de mandados de prisão contra autores de homicídios e feminicídios.

Em Santa Catarina a ação se realizou em 35 municípios, com a participação de 198 policiais. Foram cumpridos 61 mandados de busca e apreensão, com 56 presos – 8,7% do total do país –  (10 por homicídio, 14 pela Leia Maria da Penha, 22 por outros crimes e 10 em flagrante) e três adolescentes apreendidos, além de sete armas de fogo e pequena quantidade de droga. Em todo o país foram 643 suspeitos detidos.

 

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio
%d blogueiros gostam disto: