Conecte-se a nós

Negócios

Plantio direto de pastagens é alternativa no inverno e no verão

Published

em

Otacílio Costa, 23/06/2010, Correio Lageano

 


Apesar de ainda ser vista com desconfiança pelos agricultores da Serra Catarinense, o plantio direto de pastagens se mostra como uma alternativa viável tanto no verão quanto no inverno.

 


Em Otacílio Costa esta nova forma de cultivo começou a ser implantada há cerca de um ano e seis meses. De acordo com o engenheiro agrônomo da Epagri, Aziz Ab.Hatem o plantio direto tem se mostrado eficiente, em qualquer estação do ano, e para diversas culturas, como as de grãos e hortaliças, por exemplo.

 


Tendo em vista que na Serra Catarinense as pastagens são predominantes, a Epagri tem dado suporte a pecuaristas no cultivo de aveia, azevem e trevos.

 


Apesar do apoio, o engenheiro agrônomo comenta que a adesão dos produtores ainda é lenta. “Há desconfiança dos agricultores, mas quem faz uma vez, sempre repete o plantio, pois a pessoa vai conhecendo e se desarmando contra os novos métodos agrícolas”, comenta Ab.Hatem, ao ressaltar que o plantio direto é uma prática cada vez mais comum na agricultura.
Hoje, em Otacílio Costa, existem 900 hectares de pastagens, entretanto a área onde este sistema funciona não chega a 100 hectares. Sendo apenas 20 plantados no primeiro ano (2008) e ultrapassando os 80 hectares em 2009. “É um longo caminho, mas estimamos que nos próximos cinco anos atingiremos a totalidade”, diz.

 


O engenheiro agrônomo destaca que entre os benefícios deste sistema, estão a economia de máquinas e do serviço de plantio. “Sendo que a prefeitura, que geralmente fornece as máquinas aos agricultores consegue atender mais agricultores e de uma forma melhor no plantio”, fala.

 


Além disso, há economia de adubo, terra e calcário. “Estes produtos geralmente são levados pelas chuvas, algumas vezes, até mesmo junto com sementes e adubos”, cita. A produtividade, segundo ele, varia de 8% a 10% maior a médio prazo. “É vantagem social, econômica e ambiental, fazendo com que o meio ambiente fique mais equilibrado”, acrescenta.

 

Seminários tentam incutir ideia

Para tentar fazer com que os pecuaristas se familiarizem mais com a ideia do plantio direto de pastagens, a Epagri fez parcerias e realiza seminários. O último aconteceu em abril, em Otacílio Costa, e recebeu 610 participantes, de 40 municípios de Santa Catarina. “Nossa intenção é provocar o agricultor para que ele faça parte deste processo, e consequentemente melhore sua produção”, fala o engenheiro agrônomo.

 


Ab.Hatem lembra ainda que além de Otacílio Costa, todos os outros municípios da Serra Catarinense podem aderir ao plantio direto, basta procurar a unidade da Epagri mais próxima e consultar um técnico. “Este é o nosso desafio”, fala.

 

Fotos: Divulgação

Compartilhe
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais