Conecte-se a nós

Notícias

Planos de trabalho da Defesa Civil auxiliarão prefeituras

Published

em

Estudo foi entregue para as prefeituras e mostra quais áreas de risco nas cidades - Foto: Susana Küster

O chefe da Defesa Civil do Estado, João Batista Cordeiro Junior, esteve na sexta-feira (27), no Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd), que fica no Centro de Ciências Agroveterinárias (Cav/Udesc), em Lages.

Além de visitar a estrutura, que é nova, ele entregou para representantes dos municípios da Serra Catarinense, um trabalho feito durante seis meses por 70 profissionais da Defesa Civil. No documento é possível verificar quais as áreas de risco de diversos fenômenos naturais.

Com este trabalho em mãos, as prefeituras avaliarão o que podem fazer para evitar danos causados por fenômenos meteorológicos. Para a secretária de Defesa Civil de Correia Pinto, Osani Branco, o estudo é muito importante para o município e será analisado. A ideia é colocar em prática ações para prevenir o impacto dos fenômenos meteorológicos na cidade.

Serra do Rio do Rastro

Um levantamento de todas as necessidades de obras foi feito por profissionais da Defesa Civil e se constatou que 25 pontos precisam de melhorias. Este plano de trabalho foi encaminhado ao Ministério da Integração Nacional. O chefe da Defesa Civil do Estado, João Batista Cordeiro Junior conta que levantamentos frequentes são feitos no local e encaminhados ao Ministério. Ele avalia que ainda neste semestre, a obra na Serra pode acontecer. “Analisamos as melhores práticas do mundo para fazer este projeto”, ressalta.

Chuvas

Sobre os planos para minimizar alagamentos, Junior enfatiza que o importante é a prevenção, através dos alertas da Defesa Civil. Além de fazer obras que diminuam a potencialidade das inundações. “É preciso que a população se conscientize e leve a sério os alertas, saiam dos locais de risco, durante as tempestades”.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: