Conecte-se a nós

Notícias

Permanece a condição de chuva em Santa Catarina

Published

em

Foto: Patrícia Vieira/ Arquivo CL

Depois do guarda-chuva, os serranos devem preparar os casacos. O último fim de semana de julho será marcado pela passagem de outra frente fria. E a previsão é de queda brusca da temperatura. A intensidade da chuva diminui a partir desta sexta-feira (27) em Santa Catarina e a instabilidade enfraquece bastante, o que permitirá períodos com sol e sem chuva.

As temperaturas estarão em elevação. As mínimas entre 8°C e 14°C na maior parte do Estado, 9°C e 15°C e entre 5°C e 8°C na Serra Catarinense. Máximas, na maioria das regiões, ficam entre 18°C e 24°C, e entre 11°C e 20°C nas cidades da região de Lages, de acordo com informações do Epagri/Ciram.

No sábado (28) o dia será de sol com aumento de nuvens no Estado no decorrer do dia. Entre a tarde e noite, pancadas de chuva isolada do Oeste ao Sul, devido ao avanço de nova frente fria. As temperatura mínimas serão de 8°C e 14°C na maior parte do Estado, 9°C e 15°C e entre 5°C e 8°C na região Serrana. As máximas devem oscilar entre 14°C e 17°C na Serra.

Frio a partir de domingo

O domingo deverá ser de temperaturas mais baixas na Serra. A condição de chuva isolada entre a madrugada e manhã, em todas as regiões do Estado, devido à passagem da frente fria, melhorando com sol no decorrer do dia. Temperatura em declínio acentuado a partir da tarde, com o avanço de uma massa de ar frio para o sul do Brasil. As mínimas devem ficar entre 1°C e 4°C com com chance de geada nas áreas altas.

Chuva supera a média

A terça e quarta-feira foram marcadas por chuva persistente e volumosa no Sul de Santa Catarina. No sul do Estado, a precipitação mais intensa ocorreu na terça-feira (24), os totais em 48 horas ficaram acima de 60 mm em todas as estações.

Em Araranguá e Timbé do Sul, o registro foi superior a 100 mm nesse período. Na Serra Catarinense, os maiores acumulados, ocorreram em e Lages 49,6mm e São Joaquim 45,0 mm.

Em alguns locais de Florianópolis e de Garopaba choveu mais de 100 mm, superando a média normal de chuva para um mês de julho. A média de chuva para Florianópolis, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia é de 118 mm, mas em um trecho da rodovia SC-401 choveu quase 136 mm em apenas 12 horas, segundo o Cemaden – Centro Nacional de Monitoramento e Desastres Naturais.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: