Para ele, customizar é um amor que não tem tamanho – CL+
Conecte-se a nós

Entretenimento

Para ele, customizar é um amor que não tem tamanho

Published

on

Caminhoneiro tem centenas peças que customizadas - Foto: Bega Godóy

Luis Fernando Pereira Lemos, de 43 anos, começou a dar vida a um sonho que tinha quando criança. Desde 2000, ele coleciona caminhões e automóveis de médio porte e, há cinco anos, se interessou pela customização de miniaturas. Seu acervo já passa de 500 unidades. Na sua casa, no bairro Santa Maria, os três guarda-roupas existentes não tem só essa utilidade. É lá onde acomoda tanta raridade.

Para costumizar os diferentes modelos de diversas escalas, ele não começa do zero, pois precisa da cabina para transformar ou personalizar seus xodós. Às vezes são simples substituições de uma peça móvel ou acréscimo de um acessório ou outro. Mas há aqueles que merecem mais dedicação e que exigem caça aos itens em ferro-velhos, reciclados, sites, em lojas e em visitas aos colecionadores pelo Brasil, ocasião em que aproveita para realizar as trocas e receber orientação.

O lageano usa diferentes materiais para personalizar cada relíquia, mas os mais frequentes são: resina, cerda de escova de cabelo, palito de picolé e outros itens que nas mãos dele viram opção preciosa de transformação. Ao final de cada trabalho, que leva em média uma semana, a satisfação de ver a obra semelhante a original.

O colecionismo e a customização também proporciona fazer amizades com outros colecionadores e nesse período, Fernando arrumou três “professores”. Os paulistas, Elialdo Veloso de Reginápolis, Wilson Fusaro de Itirapinga e Antonio Oliveira de Ribeirão Preto. “Eles me ensinaram muito”, explica Luis, que é caminhoneiro, e por essa razão, dentre a sua coleção, o xodó é um FNM.

Ele gosta de exibir e compartilhar suas obras. Para isso, criou uma página no Facebbok, a Miniaturas. Nela, o seu hobby pode ser admirado. Planos para o futuro? Sim. Tenciona, quando se aposentar, fabricar miniaturas para comercializar.

Comentários

Entretenimento

Falsa morte de Sylvester Stallone assusta fãs na internet

Published

on

Por

Foto: Divulgação

Na madrugada desta segunda-feira (19), surgiu um texto nas redes sociais de que o ator Sylvester Stallone teria falecido em decorrência de um câncer de próstata.

A mensagem que foi divulgada e bastante repercutida, lamentava a morte do astro de Mercenários e Rocky, dizendo que o mesmo enfrentava a doença há algum tempo.

Junto ao texto algumas imagens, uma delas onde ele aparece abatido, mas que pode ter sido retirada de um de seus filmes.

Stallone esclareceu em seu Instagram oficial na tarde desta segunda que está bem – e “ainda socando”

“Por favor, ignorem essa estupidez… Estou vivo, bem, feliz e saudável… Ainda esmurrando!”

Please ignore this stupidity… Alive and well and happy and healthy… Still punching!

Uma publicação compartilhada por Sly Stallone (@officialslystallone) em

Comentários
Continue Lendo

Entretenimento

Pantera Negra em Lages

Published

on

Por

Foto: Divulgação

Pantera Negra (em inglês: Black Panther) é um super-herói das histórias em quadrinhos publicadas pela Marvel Comics, cuja identidade secreta é a de T’Challa, príncipe de Wakanda, um reino fictício na África. O personagem foi criado pelo escritor e editor Stan Lee e pelo escritor e ilustrador Jack Kirby. O filme está em cartaz no Cinermak, no Lages Garden Shopping. O longa foi definido pela atriz Danai Gurira (Okoye), no set de filmagem, em Atlanta, como “um convite à revolução”.

Na trama de Pantera Negra, Okoye amarga uma decepção com seu amado, W’Kabi (vivido por Daniel Kaluuya, indicado ao Oscar por Corra!), capaz de tudo por uma vingança que só o monarca de Wakanda poderia realizar. Uma vingança que envolve a guerra para preservar o Vibranium – o metal mais poderoso das tramas da Marvel Studios. Okoye entra nessa guerra como parte dos afazeres das Dora Milaje. No filme, o pai do personagem de Kaluuya, sogro de Okye, morreu em decorrência das invasões de mercenários como Ulysses Klaue (Andy Serkis), um dos vilões desta produção.

“Existe o amor romântico, mas existe o amor pela pátria. E no peito de Okoye, o dever fala mais alto. Queria que essa personagem representasse o amor por uma bandeira, mas também o amor por um ideal de África em ascensão”, diz a atriz.

Além de Chadwick Boseman no papel principal, o longa conta com Michael B. Jordan e Forest Whitaker. Danai Gurira vive Okoye e Lupita Nyong’o interpreta Nakia, as duas principais Dora Milaje do filme. Com direção de Ryan Coogler.

Comentários
Continue Lendo

Entretenimento

Wesley Safadão é o primeiro nome confirmado para a 30ª Festa Nacional do Pinhão

Published

on

Por

O lançamento oficial da festa, com a divulgação das datas de cada show, deverá ocorrer no mês de março - Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (15) foi confirmada a primeira atração da 30ª Festa Nacional do Pinhão. Wesley Safadão fará parte do line-up da festa que, este ano, comemora 30 anos de evento e promete trazer 30 shows entre os dias 25 de maio e 3 de junho.

A atração foi confirmada durante um bate-papo entre a produção do evento e uma rádio local, nesta quinta.

A programação ainda é planejada pela Gaby Produtora, empresa responsável pela infraestrutura e parte artística da festa pelo quinto ano consecutivo. Porém, alguns detalhes importantes já começaram a ser definidos.

Nesta quinta-feira, o prefeito Antonio Ceron e o vice Juliano Polese estiveram reunidos com os empresários Beto Ody e Lauri Schoenherr. Os produtores adiantaram que, nesta 30ª edição, a proposta é promover um resgate histórico da festa, fortalecendo o tradicionalismo.

Outra novidade é que os lageanos deverão ter ainda mais benefícios e facilidades na compra de ingressos, especialmente em relação a preços e pontos de venda.

Nas próximas semanas, Prefeitura de Lages e Gaby Produtora voltarão a se encontrar para acertar novos detalhes. O lançamento oficial da festa, com a divulgação das datas de cada show, deverá ocorrer no mês de março.

Comentários
Continue Lendo

Entretenimento

Espetáculos de humor e música programados para o Teatro Marajoara em 2018

Published

on

Por

Global Eva Wilma traz “Casos e Canções”, fechando o mês de fevereiro - Fotos: Divulgação

Ao iniciar as programações artísticas de 2018 no Teatro Marajoara, o comediante Hallorino Jr. traz a Lages o espetáculo “O Show da Família Pobre Brasileira”. A apresentação será no domingo (18 de fevereiro) às 20h30. Apresentado para mais de dez mil pessoas em todo o Brasil, a comédia de Hallorino Jr. mesmo traz performances de stand up comedy, paródias, imitações, personagens e interatividade com a plateia. Segundo a sinopse do espetáculo, o comediante apresenta ao público histórias da sua infância e cotidiano de uma forma cômica e interativa.

Serviço

O quê – espetáculo humorístico “O Show da Família Pobre Brasileira”, com Hallorino Jr.

Onde – Teatro Municipal Marajoara

Quando – dia 18 de fevereiro

Horário – 20h30

Ingressos – R$ 30 (meia-entrada)/R$ 35 (promocional antecipado) no Teatro

Eva Wilma no dia 25

A atriz global Eva Wilma fará em Lages, no dia 25 de fevereiro, às 20h, um espetáculo diferente do que os seus fãs estão acostumados a assistir. “Casos e Canções” é mais que um show musical, a atriz leva para a plateia, de forma lúdica, as memórias de 65 anos de carreira que começou em aulas de violão e canto com a icônica Inezita Barroso.

Acompanhada por Johnnie Herbert e William Paiva, entremeia suas conversas com a interpretação de canções que fizeram parte de sua e nossa história. No repertório, além de clássicos de Inezita, Baden Powell e Vinicius de Moraes, Eva transforma suas memórias de infância com Lupicínio Rodrigues, entre outros grandes compositores.

Serviço

O quê – “Casos e Canções” com Eva Wilma;

Onde – Teatro Municipal Marajoara

Quando – dia 25 de fevereiro

Horário – 20h

Ingressos – R$ 30 (meia-entrada)/R$ 60 no Teatro

Produtor local: Roger Andrade

Comentários
Continue Lendo

Capa do Dia

Instagram

Facebook

Rua Coronel Córdova, 84 . Centro . 88502-000 . Lages . SC . Brasil . Fone: 49 3221.3300 . correiolageano@correiolageano.com.br

CL+| Correio Lageano - Todos os direitos reservados ©