Conecte-se a nós

Turismo

Os parques nacionais americanos podem ser sua rota rumo ao lazer

Published

em

Foto: GB Imagem/ DIvulgação

Há cerca de 3 milhões de anos, o vale Yosemite era apenas um cânion, esculpido pelo rio Merced; posteriormente formando a Sierra Nevada. Invadido pelas geleiras, o vale se ampliou e aprofundou, e de suas paredes graníticas começaram a jorrar várias cachoeiras.

Por volta de 10 mil anos atrás, o vale Yosemite já adquirira a sua forma atual: cerca de 11 km de comprimento e 1,6 km de largura em seu trecho mais amplo.

O destaque do local fica por conta da Yosemite Fall, uma das mais altas cachoeiras da América do Norte, com uma assustadora queda d’água de 739 metros.

Bonito também de se apreciar é o grupo de cascatas que formam a Bridalveil Falls, mais conhecidas como Pohono, que na língua indígena significa “espírito do vento que sopra”.

Neste lugar, os ventos são fortes e frequentes, o qual agita e infla as águas de um lado para outro. O movimento, que explica o nome dado ao conjunto, lembra um véu branco de noiva levado pela brisa.

Pioneiro entre os parques nacionais americanos, o habitantes do Yosemite pertenciam à tribo dos Ahwahneechee. Até 1849 não existiam europeus em sua área, mas a partir daí, a corrida do ouro para a Califórnia atraiu milhares de aventureiros até Sierra Nevada.

A grande consequência foi a invasão das terras dos índios e o ataque deles aos acampamentos e equipamentos dos “homens brancos”. Em contrapartida, em março de 1851, tropas do governo foram enviadas ao local para proteger os mineiros espalhados pelo vale.

Em apenas cinco anos, o vale Yosemite tornou-se uma atração turística. Em 30 de junho de 1864, no auge da Guerra Civil, o presidente Lincoln assinou um decreto determinando que o vale Yosemite e o bosque das Mariposas vizinho, com suas gigantescas sequoias, fossem “reservados para o uso público, descanso e recreação”, tornando a área “inalienável para sempre”.

Foi o primeiro decreto dessa natureza e, hoje, ele é visto como a semente da qual brotou o atual sistema de parques estatais e nacionais norte-americanos.

Outro destaque entre os parques americanos é Mesa Verde. Em 1888, dois cowboys descobriram um dos mais notáveis monumentos do Colorado. Em 1906, Mesa Verde tornou-se um parque nacional contendo 600 dessas edificações escavadas nas montanhas.

Cada uma delas possui um tamanho diferente. Estruturas similares espalham-se pelas regiões vizinhas, como o Canyon de Chelly, no Arizona. Os arqueólogos acreditam que os habitantes de Mesa Verde foram os ancestrais dos atuais índios pueblos do Novo México e do Arizona.

Ficou animado? Então se pretende passar férias nos Estados Unidos, não deixe de conhecer seus magníficos parques nacionais. Boa viagem!

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: