Conecte-se a nós

Notícias

Obra da revitalização do Centro de Lages pode começar até fim do ano

Published

em

Centro de Lages ficará mais moderno e urbanizado - Foto: Reprodução/ Divulgação

O edital que definirá a empresa que realizará a obra de revitalização do Centro de Lages foi publicado na última quarta-feira e no próximo mês, os escolhidos serão apresentados. O custo para que o Centro passe por uma reforma completa, incluindo o Calçadão da Praça João Costa e as ruas Coronel Córdova e Nereu Ramos, vai ultrapassar os R$ 13 milhões.

O documento já estava pronto quando a prefeitura resolveu voltar atrás para ajustar alguns detalhes sobre o projeto. De acordo com o secretário de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi, pontos como ligações subterrâneas e espaço para a realização de eventos, como Recanto do Pinhão, foram ajustados, para que não seja necessário refazer a obra depois de pronta.

Assim que a empresa for definida, a revitalização pode ser iniciada. Bortoluzzi explicou que já foi definido um pré cronograma de obras, que será iniciado pela Rua Nereu Ramos, pela parte de cima da via, seguindo pela parte de baixo.

Assim que a obra começar, o secretário ressalta que será preciso muita paciência dos comerciantes e população, pois será uma obra que mexerá bastante com o trânsito de pedestres e motoristas, além de fazer poeira.

Ginásio

Com a demolição do antigo Colégio Aristiliano Ramos, ocorrida há oito meses, o ginásio – que era a parte mais nova e que não possuía risco de cair -, a prefeitura havia anunciado que o ginásio seria desmontado manualmente e o material seria utilizado para a construção de áreas esportivas.

Entretanto, quem passa pelo Centro percebe que a estrutura ainda permanece intacta. De acordo com Claiton Bortoluzzi, o prédio permanecerá intacto até, pelo menos, a primeira parte da obra e servirá como depósito para a empresa que a executará. Em seguida, o espaço será demolido, também manualmente e o material será reaproveitado.

A revitalização

Em novembro de 2013, a prefeitura apresentou pela primeira vez o projeto de revitalização. Ele foi desenvolvido pela prefeitura, através da Secretaria de Planejamento, em parceria com o governo do Estado, CDL, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Associação Empresarial de Lages (Acil) e demais envolvidos. Foi amplamente discutido pela população, através de segmentos da sociedade civil organizada.

Entretanto, para que a obra pudesse ser oficialmente iniciada, era preciso antes definir o destino do antigo Colégio Aristiliano Ramos, que, na época, estava interditado havia dois anos. O Governo do Estado, declarando o alto custo da reforma do prédio, decidiu pela demolição da estrutura.

O Ministério Público entrou com ação civil pública para manter em pé a edificação. Em outubro do ano passado, o Tribunal de Justiça de Santa Catarina autorizou a demolição do prédio. A Prefeitura contratou uma empresa em caráter de emergência para realizar o serviço, que se iniciou no dia 8 de dezembro.

O que já foi feito

  • A canalização para a implantação do cabeamento subterrâneo;
  • Troca de alguns postes;
  • Demolição do Colégio Aristiliano Ramos;

O que falta fazer

  • Concluir implantação dos postes de metal;
  • Implantar cabeamento subterrâneo, de energia e dados;
  • Padronização dos passeios públicos;
  • Padronização da sinalização;
  • Arborização;  

Onde

  • A revitalização vai compreender as ruas Nereu Ramos, Coronel Córdova (até o Colégio Bom Jesus), e Correia Pinto, além do calçadão Túlio Fiúza de Carvalho e as praças João Costa e João Ribeiro.
Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: