Conecte-se a nós

Notícias

Número faz contato com vítimas via Whatsapp

Published

em

Foto: Reprodução/ Divulgação

Depois do Desafio da “Baleia Azul” fazer algumas vítimas pelo Brasil, inclusive em Lages, agora é a vez de um contato misterioso com a foto de uma mulher de olhos esbugalhados, pele pálida, cabelo preto e sorriso estranho, deixar pais e responsáveis preocupados com a segurança de crianças e adolescentes.

Chamada de Momo, a pessoa por trás desta imagem entra em contato, via WhatsApp ou pelo jogo Minecraft, e propõe alguns desafios, além disso, busca meios para extorquir informações pessoais para, posteriormente, chantagear a vítima.

Foi o que aconteceu com uma família em Lages. Depois de perceber que a filha não conseguia mais dormir, a mãe perguntou o que estava acontecendo e ela relatou estar com medo de um monstro que tinha visto na casa de uma amiga.

Até então, a mãe não sabia do que se tratava. Num dia, juntas, visualizando o Facebook, a menina mostrou para a mãe a imagem do monstro que, na realidade, era a Momo. Ao pesquisar para saber do que se tratava, a mãe ficou assustada e questionou a filha sobre como tinha visto a Momo.

A criança contou que a amiga havia lhe mostrado no celular a imagem do monstro, pois estaria trocando informações com ela. Horas depois, os pais da menina perceberam no celular da filha que o número da Momo estaria tentando contato e a chamava pelo nome.

A mãe comenta que respondeu a mensagem questionando o país de origem e a Momo respondeu que estava falando dos Estados Unidos. Depois disso, eles bloquearam o número e atualizaram as outras redes sociais da menina para evitar outros golpes.

A mãe sugere aos pais que fiscalizem as redes dos filhos, além de analisar as linhas do tempo pelo próprio perfil da criança, assim, pode observar a caixa de mensagem e com quem estão se relacionando.

Tarefa de fiscalizar é dos pais

A mestre em Ambiente e Saúde, psicóloga e neuropsicóloga clínica Gisele Willrich Narciso Agostini, descreve sobre o desafio. “Infelizmente, não é a primeira vez que nossos filhos estão expostos às armadilhas da internet. O alerta de hoje é sobre um jogo que está viralizando no aplicativo whatsapp sobre a imagem de um boneco criado como “momo”. O público alvo tem sido crianças e adolescentes.”

A inclusão digital atinge todas as faixas etárias, e é muito comum o uso exacerbado da internet por crianças e adolescentes e, muitas vezes, os pais utilizam desses eletrônicos como “babá” dos seus filhos.

Vale lembrar, de acordo com OMS (Organização Mundial de saúde) que a indicação para uso de crianças com eletrotônicos em geral não deve ultrapassar de duas horas por dia, portanto, cabe aos pais este controle.

Os pais são os grandes responsáveis pelo gerenciamento da educação de seus filhos. A comunicação é ainda a melhor arma para todo e qualquer comportamento percebido nos filhos. Deve-se responsabilizar os pais para que supervisionem, criem regras e limites.

O alerta da psicóloga consiste em perceber mudança de humor repentina, isolamento social, não compartilhamento dos mesmos ambientes em casa e amizades fragilizadas. ‘Dificilmente, uma criança ou adolescente quando bem orientada e monitorada pela família busca e/ou cai em armadilhas como o da momo,” assegura Gisele.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: