Conecte-se a nós

Notícias

Novo diretor quer melhorar estrutura do CAV-Udesc, em Lages

Published

em

Foto: Bega Godóy

O professor Clóvis Eliseu Gewehr, de 54 anos, assumiu a direção geral do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV) de Lages, na tarde de ontem. A solenidade foi acompanhada por autoridades e convidados. Clóvis chegou ao CAV em 2005 como professor efetivo e até então era diretor de extensão.  

O professor titular de avicultura e nutrição vai ficar à frente da direção até 2022. A instituição oferece cursos de Agronomia, Engenharia Florestal, Engenharia Ambiental e Sanitária, e Medicina Veterinária. O curso mais antigo, a Medicina Veterinária, segundo Clóvis, precisa de melhoras na infraestrutura. Essa foi uma das propostas dele ao se candidatar.

O diretor tem pela frente muitos desafios. Um deles é que nos próximos anos, 15% dos funcionários devem se aposentar, provocando redução do quadro. Hoje são 85, mas houve épocas que eram 120. “Os que ficarem terão de absorver a demanda. Vamos reduzir alguns serviço, mas sem perder a qualidade”, diz ao destacar que, para isso, terá de reajustar e fazer fusão de alguns setores, pois uma hora ou outra haverá estrangulamento.

“Maior desafio é manter os funcionários motivados”, reforça. Mas Clóvis avisa da possibilidade de lançamento de concurso público futuramente, embora essa competência seja da Udesc.

Na próxima semana deve começar a readaptação (reforma) do Hospital Veterinário para atender às exigências da Vigilância Sanitária. Trata-se da construção de um bloco cirúrgico onde animais de grande porte serão atendidos. O centro custará em torno de R$ 1 milhão e será feito com recursos internos, segundo afirma Clóvis.

O novo diretor quer que os estudantes permaneçam mais na instituição. Por essa razão, fez algumas melhorias como iluminar o campo de rugby para a atividades noturnas e também provocá-los para que participem de atividade na academia e culturais (tarde de música) entre  outras opções.

Sobre o prédio da Engenharia Florestal, Clóvis garantiu que será inaugurado neste primeiro semestre, pois falta ainda a aquisição do mobiliário. A manutenção das parcerias fizeram parte da plataforma de promessas, e Clóvis as quer mais fortes. Caso dos Crass, Lixo Orgânico Zero (Programa em parceria com a Prefeitura de Lages, Amigo Carroceiro e outros. “São 108 ações voltadas para a comunidade serrana”, explica.  

Hospital Veterinário

O hospital tem como finalidade o ensino e pesquisa e atende em horário comercial. Uma triagem define se o atendimento será gratuito ou não. “Seria uma concorrência desleal com os outros estabelecimentos se fosse tudo gratuito”, argumenta o diretor.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: