Destino do Colégio Aristiliano Ramos – CL+
Conecte-se a nós

Notícias

Destino do Colégio Aristiliano Ramos

Published

on

A escavadeira hidráulica começou derrubar o prédio do Aristiliano Ramos, na última sexta-feira, às 8 horas da manhã. Fotos: Andressa Ramos

No Centro de Lages, os olhares de quem passa nas ruas Nereu Ramos e Coronel Córdova estão voltados à poeira provocada pela demolição do prédio do Colégio Aristiliano Ramos. Caçambas entram e saem, mas poucos sabem qual o destino de todo entulho resultante desse trabalho. A Prefeitura de Lages aproveitou o que estava em boas condições para utilizar na construção de casas para famílias carentes. Além dos itens descritos no infográfico ao lado, 60 metros de ferro e 70 peças de madeira foram recuperados. Além disso, a estrutura do ginásio será reutilizada na construção de uma cancha de bocha ao lado do Ginásio Jones Minosso. A parte de concreto e tijolo da estrutura será transformada em pedras que poderão ser usadas em cascalhamento de ruas, pátios e contrapisos, pela empresa Incopedra, que fica no Bairro Morro Grande, em Lages. Aproximadamente, 3 mil metros cúbicos de entulhos serão retirados.

>Questionamentos_ A forma como o colégio foi demolido é um dos assuntos mais frequentes nas rodas de conversa pelas ruas da cidade. Porém, há a explicação técnica e da Defesa Civil, sobre a decisão de derrubar o prédio, principalmente a parte da frente, com uma escavadeira hidráulica. O secretário-executivo de Defesa Civil de Lages, Jean Felipe Silva de Souza, explica que após o laudo (expedido em 2012) a entrada de pessoas no local ficou proibida. Este foi um dos motivos que impediu a demolição manual do primeiro bloco. Além disso, o sócio-gerente da Incopedra, Melvy Almeida Neto, explica que, para retirar o material manualmente, levaria, em média, seis meses, o que não compensaria pelo valor e pelo que se conseguiria ser recuperado.Por ser um prédio que está por muito tempo interditado e a alvenaria ser estrutural, ou seja, o tijolo é a única estrutura da parede, dificulta e aumenta o risco de queda. O secretário de Obras de Lages, Claiton Bortoluzzi, fala no aspecto técnico, como engenheiro civil. Segundo ele, uma demolição manual é um trabalho mais caro, leva mais tempo, porém, nas condições que o colégio estava não tinha como derrubar minunciosamente. Já sobre o bloco B, onde o ginásio está construído, a estrutura é mais nova se comparada aos outros blocos. Por este motivo, a prefeitura irá aproveitar o material em outra obra.

>Demolição_ A escavadeira hidráulica começou derrubar o prédio do Aristiliano Ramos, na última sexta-feira, às 8 horas da manhã. A previsão é que toda a retirada do prédio seja concluída em 20 dias.

>>moagem_ No contrato entre a Agência de Desenvolvimento Regional e a Incopedra está prevista a retirada dos entulhos do colégio e a destinação correta. Neste caso, está sendo feita a moagem do concreto, trnasformando tudo em cascalhos.

>>retirada_ Funcionários da Prefeitura de Lages retiram o material que pode ser reaproveitado. Para hoje, está prevista a remoção das peças de madeira.

Comentários
clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Licitação para execução de obras nos próximos dias

Published

on

Fotos: Andressa Ramos

Nos próximos dias, será lançado o edital de licitação para a obra de revitalização do Mercado Público de Lages. O local está fechado desde 2009, ano em que foi interditado pela Defesa Civil por estar com a estrutura comprometida. O Mercado Público foi construído na década de 1940 e foi cenário de troca, compra e venda de muitas mercadorias.

O secretário de Planejamento e Obras de Lages, Claiton Bortoluzzi, explica que o edital foi analisado pelo setor jurídico e agora foi encaminhado ao setor de licitação para o lançamento do edital.

Além da revitalização, o projeto prevê uma ampliação, com a construção de auditório. O mercado terá, também, restaurante, lanchonete, praça de alimentação, palco para pequenos shows e box para comercialização de mercadorias. A obra será executada com recursos do Fundo Social, do Governo do Estado, sendo que R$ 8 milhões já estão na conta da prefeitura. O valor aproximado da obra é em torno de R$ 10 milhões. O restante da verba será completado como contrapartida da prefeitura.

Banco de Alimentos

O Banco de Alimentos será retirado do Mercado Público e outro edital será lançado para a realização de reparos no local para onde será realocado, no Bairro Centenário. Hoje, além do atendimento do Banco de Alimentos, o Mercado Público está servindo de estacionamento de veículos da Prefeitura de Lages.

Estrutura está servindo de estacionamento

Comentários
Continue Lendo

Notícias

Cirurgia é agendada após seis anos de espera

Published

on

Esperando cirurgia, adolescente sente dores frequentes- Foto: Divulgação

A família da adolescente Manoela de Sousa Tomaz, de 16 anos, respira aliviada após receber a informação que a cirurgia para correção da escoliose foi, finalmente, agendada. Após seis anos de espera, o procedimento que será feito no Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages, será realizado no dia 28 de fevereiro.

Luciana Tomaz, mãe da adolescente, revela que ficou sabendo da informação pela rádio, na manhã de sexta-feira (19). “É um alívio saber que temos uma data e que já podemos nos programar”, explica. Agora, Manoela deve passar por todos os exames pré-operatórios.

A cirurgia foi agendada após o encerramento do prazo dado pelo juíz da Infância e Juventude, Ricardo Fiúza, para que Estado e Município agendassem a cirurgia em um período de 30 dias após a entrega das intimações, que aconteceu em novembro do ano passado. Caso fosse descumprido, os valores do procedimento seriam bloqueados, em uma espécie de penhora.

O gestor do hospital, Fábio Lage, explica que o agendamento não dependia somente do hospital, já que foi necessário coordenar a agenda do médico e de um especialista de Florianópolis, que será contratado pelo município. Com esse serviço, o procedimento será realizado com as máquina de Potencial Evocado Somato-Sensitivo e do Cell Saver, que costumam ser utilizadas em cirurgias de escoliose em adolescentes.

O caso

Manoela está na fila para a cirurgia de correção da escoliose há cerca de seis anos. Anteriormente, ela estava na fila do Hospital Infantil Seara do Bem. Como completou 16 anos, foi retirada da fila infantil e a família não foi informada. A mãe precisou entrar, novamente, com a documentação solicitando a colocação da filha na fila de cirurgias ortopédicas para adultos. Desde meados de 2017, a família espera pelo agendamento, e Manoela enfrenta crises respiratórias e dores frequentes.

Comentários
Continue Lendo

Notícias

Quase 400 vagas na Udesc pela nota do Enem

Published

on

Por

Foto: Divulgação

O Ministério da Educação (MEC) anunciou que foi antecipado para 23 a 26 de janeiro as inscrições às vagas de cursos de graduação pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) é uma das 130 instituições com oportunidades nessa edição, oferecendo quase 400 vagas, em 43 graduações para o primeiro semestre deste ano, em Balneário Camboriú, Chapecó, Florianópolis, Ibirama, Joinville, Lages, Laguna, Pinhalzinho e São Bento do Sul.

Das vagas de cada curso, 20% estão destinadas a candidatos que tenham feito integralmente o ensino médio na rede pública e 10% são oferecidas para candidatos negros.

Critérios

Cada participante poderá escolher até duas opções de cursos de graduação no Sisu, conforme notas de corte. Somente poderá concorrer na seleção do MEC quem fez todas as provas do Enem neste ano; conseguir nota acima de zero na redação e tiver certificado de conclusão do ensino médio para a matrícula na universidade.

Comentários
Continue Lendo

Notícias

Duas pessoas são amarradas durante roubo em empresa

Published

on

Por

Foto: Arte CL

Dois funcionários do Frigorífico Seara, foram amarrados durante um roubo registrado na madrugada de sexta, no escritório da empresa, na Rua Juscelino Kubitschek de Oliveira, Acesso Norte, em Lages.  Conforme o Boletim de Ocorrências da Polícia Militar, dois funcionários disseram que foram vítimas de roubo praticado por três masculinos, sendo que dois deles estavam portando armas fogo. Os bandidos foram ao escritório em busca de dinheiro e causaram alguns danos.

A informação é que o trio teria levado apenas os aparelhos celulares dos funcionários e deixados os dois amarrados. A identidade das vítimas não foi divulgada pela polícia. A PM realizou buscas, mas nenhum suspeito foi preso. A Polícia Civil investigará o caso.

Comentários
Continue Lendo

Rua Coronel Córdova, 84 . Centro . 88502-000 . Lages . SC . Brasil . Fone: 49 3221.3300 . correiolageano@correiolageano.com.br

CL+| Correio Lageano - Todos os direitos reservados ©