Conecte-se a nós

Notícias

Notícia falsa sobre a fatura de luz causa confusão em Lages

Published

em

Uma informação na fatura de energia elétrica têm causado confusão entre os consumidores de Lages. O nome “Vidal Ramos Jr” seguido de um valor em reais, está sendo interpretado, equivocadamente, como um recurso captado pela Celesc para custear as obras de restauração do Colégio Rosa, que se chama Vidal Ramos. Na verdade, o nome que aparece na fatura é da subestação localizada no Bairro Pisani e o valor é o Indicador de Continuidade.

Devido ao volume de notícias falsas, um expressivo número de consumidores procurou o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Lages. De acordo com diretor Executivo do órgão, Julio Borba, os Indicadores de Continuidade são dados que medem a frequência de entrega de energia elétrica aos consumidores.

Caso o indicador “Realizado”  seja superior a zero, significa que a média de falta de energia ultrapassou a meta estabelecida pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O valor estipulado em reais representa o desconto que a Celesc deve conceder ao consumidor, caso esta meta não seja cumprida.

“A interrupção do serviço de energia elétrica pode acontecer durante um período determinado por mês. Caso a Celesc ultrapasse este período, terá que conceder um desconto ao consumidor, que é o valor constante nos Indicadores de Continuidade. Caso isso aconteça, na Discriminação de Faturamento aparecerá um item como ‘desconto referente a descontinuidade do serviço’”, explica Borba.

Você sabia?

Lages tem duas subestações de distribuição de energia. A Vidal Ramos Júnior, localizada no Bairro Pisani e a Lages Área Industrial, situada na Cidade Alta

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: