Conecte-se a nós

Entretenimento

Naomi Watts escolhe filmes pelos diretores

Published

em

Cannes (França), 20 de maio/2010 (EFE) – A australiana Naomi Watts, presente este ano em Cannes com dois filmes, escolhe seus papéis pelo diretor e, inclusive, em algumas ocasiões aceitou projetos sem sequer ler o roteiro.
"O melhor é se o diretor é alguém que eu respeite e com quem eu queira trabalhar", afirmou Watts em uma entrevista em Cannes onde apresenta nesta quinta-feira o filme "Fair Game", do americano Doug Liman.
Primeiro a atriz apresentou o filme "You Will Meet a Tall Dark Stranger", de Woody Allen que está fora da competição e agora "Fair Game", baseado na história real da ex-agente da CIA Valerie Plame e que concorre a Palma de Ouro.
"Adoro a experiência de estar com um diretor que realmente admiro", disse a atriz, que lembrou que aceitou trabalhar "sem ler o roteiro" em casos como os de Alejandro Iñárritu, em "21 gramas" (2003) e Peter Jackson, em "King Kong" (2005).
No entanto, ela reconhece que há outros elementos que a ajudam a tomar a decisão.
Os atores com que vai trabalhar e, sobretudo, o papel. Saber "quem é esta mulher, como posso me conectar com ela, o que pode me ensinar, como afeta a história", explicou.
"Fair Game" é um filme baseado na história real de Plame, a ex-espiã da CIA (Agência Americana de Inteligência) cuja identidade foi revelada à imprensa na época do Governo de George W. Bush.
É uma "história brilhante e incrível, a de uma mulher que pôde sobreviver e recuperar sua vida".

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: