Conecte-se a nós

Turismo

Municípios da Serra Catarinense melhoram de posição no Mapa do Turismo

Published

em

Cascata Véu de Noiva, em Urubici, município que está na categoria B - Foto: Suzani Rovaris

Urubici, Capão Alto e Cerro Negro estão entre os 25 municípios catarinenses que melhoraram de categoria no Mapa do Turismo Brasileiro, ferramenta do Ministério do Turismo usada para acompanhar o desempenho das cidades nesse setor e direcionar políticas públicas e verbas federais.

Outros 12 municípios tiveram redução no ranking. A informação está no site do Ministério do Turismo.

A subida no ranking se deve ao crescimento econômico no setor, segundo o Ministério, seja por aumento no número de empregos por meio do turismo, ampliação de estabelecimentos formais de hospedagens ou fluxo de turistas brasileiros e estrangeiros.

Sobre a classificação no mapa, o secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan (PSDB), afirmou que “essa oscilação, com 25 subindo e 12 caindo de categoria, pode ser considerada normal, mas o saldo é positivo e mais uma vez confirma o bom momento vivido pelo turismo no Estado.

O setor, que hoje já representa 13% da movimentação econômica do Estado, no ano passado teve um crescimento de 6,7%”.

As categorias vão de A a E. A classificação determina o quanto de verba federal o município pode disputar para fazer eventos turísticos.

Categorias

  • A_ Florianópolis, Bombinhas e Balneário Camboriú.
  • B_ Palhoça e Urubici
  • C_ Campos Novos, Fraiburgo, Garuva, Praia Grande, Rio Negrinho e Treze Tílias
  • D_ Balneário Rincão, Bom Jesus, Braço do Trombudo, Capão Alto, Cerro Negro, Grão Pará, Paial, Palma Sola, Pedras Grandes, Salto Veloso, Sangão, Santa Rosa de Lima, Santa Rosa do Sul, Vitor Meireles, Witmarsun e Zórtea

Valores

Os municípios na categoria B podem pleitear até R$ 500 mil para fazer eventos turísticos anualmente. Na categoria C, o teto é de R$ 400 mil e na D, de R$ 150 mil.

O estado tem 251 dos 295 municípios no Mapa do Turismo Brasileiro. São 3 na categoria A, 13 na categoria B, 34 na categoria C, 148 na categoria D e 38 na E. O Ministério do Turismo não divulgou a classificação anterior das cidades.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: