Conecte-se a nós

Notícias

Movimento Vem Pra Rua reúne mais de cem pessoas em Lages

Published

em

Foto: Vinicius Prado

O movimento Vem Pra Rua se reuniu mais uma vez, em todo Brasil, para pedir o apoio da população. Dessa vez, para pressionar o Supremo Tribunal Federal (STF), quanto ao futuro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em Lages, sob o coro de “Lula ladrão, seu lugar é na prisão”, reuniram-se mais de 100 pessoas na Praça João Costa, o Calçadão do Centro.

Para o coordenador do movimento, em Santa Catarina, o empresário Luís Aurélio Paes, a manifestação é importante para mostrar a indignação do povo brasileiro com a impunidade de criminosos políticos. Segundo ele, não existe direita ou esquerda nessa reunião porque os brasileiros estariam lutando por um bem comum, que é a prisão de Lula.

O evento começou pontualmente às 18 horas, próximo a Banca Central, onde, em questão de meia hora, já havia grande público reunido. Pessoas que passam de carro pelo local, paravam para buzinar, a pedido de uma das faixas do movimento que dizia: Se você é a favor do Lula na cadeia, buzine.

A importância da manifestação para a lageana Val Monteiro se dá pelo motivo de que é preciso demonstrar a indignação do Brasil, com tudo o que está acontecendo no cenário político. Já para Rosana Steffen, o ato mostra que a população está unida. “O povo não está concordando e os três poderes se uniram contra o povo, então, é a hora crítica que a gente precisa ir às ruas. Mostrar que a gente vai lutar por um Brasil livre”.

Ao todo, 115 cidades no país realizaram o Vem Pra Rua nesta terça-feira (3). Além disso, outras cinco cidades, em outros países, organizaram atos a favor da prisão de Lula. O STF analisa nesta quarta (4) o pedido de habeas corpus do ex-presidente, que foi condenado pelo TRF-4, em janeiro deste ano, há 12 anos de prisão

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: