Conecte-se a nós

Notícias

Motoristas devem ter maior atenção ao transitar na SC-114

Published

on

A maior parte do trecho ainda está sem acostamento, que será feito nos próximos meses - Foto: Gislaine Couto

A rodovia SC-114, que liga Lages a Otacílio Costa e à BR-470, importante conexão com a região do Alto Vale, está em obras desde janeiro de 2017 e a previsão de término é agosto deste ano. Embora a maior parte do trecho esteja com a pavimentação de concreto concluída, o trajeto requer atenção redobrada dos motoristas.

Para quem cruza o trevo da BR-282 e entra na SC-114, um pequeno trecho de cerca de 300 metros ainda está sem o novo asfalto, depois o motorista começa a trafegar na nova pavimentação até o município de Palmeira. Nesse percurso há a pintura de demarcação das pistas em alguns quilômetros, porém o motorista precisa ter muito cuidado pois não há acostamento na maior parte. Estão sendo feitos alguns recuos e acostamentos com aterros de terra, pois há um desnível grande entre o asfalto e a lateral da pista. O plantio de grama nas laterais está sendo feito para completar o aterro. É justamente para a realização desses serviços que o consórcio SBS-Dalba, que realiza as obras na rodovia, pediu aditivo, pois alega que esses serviços necessitam ser feitos e não estavam previstos no edital. O orçamento inicial é de R$ 78 milhões.

O novo asfalto segue de Lages à entrada de Palmeira, no km 201, onde um trecho de menos de um quilômetro está com o asfalto velho, apresentando muitos buracos. Depois, retoma a pista nova até próximo a Otacílio Costa, onde são três quilômetros sem a pista de concreto. Esse trecho é bastante esburacado e movimentado, principalmente de caminhões carregados de madeira.

Com a pista nova sem buracos, a tendência é os motoristas trafegarem em alta velocidade, mas justamente por estar em obras, com trechos de depressão e desníveis na pista, falta de sinalização e acostamento e tráfego de veículos pesados, que os motoristas devem ter maior cuidado ao trafegar na SC-114.

Apesar do pedido de aditivo, o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Lages (ADR), João Alberto Duarte, em entrevista ao CL no dia 18 de janeiro, afirmou que as obras não vão parar e deverão ser entregues um mês antes do previsto e que os valores adicionais pedidos pela SBS serão avaliados, portanto não há definição sobre esse pagamento.

A obra

São 36 km entre a BR-282 e Otacílio Costa e cerca de 78% deste trecho está concluído em um valor de R$ 60 milhões do total. Os pedidos de aditivo serão analisados junto ao Tribunal de Contas do Estado para a verificação das questões legais. Ainda em fevereiro, deve estar concluída a parte de concreto armado, um modelo de pavimentação usado por ser mais resistente para suportar o intenso tráfego de caminhões por no mínimo 20 anos. Para que não ocorram problemas na pista nesse período, estuda-se a colocação de uma balança para controlar o peso dos caminhões.

Comentários
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Instagram

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 . Centro . 88502-000 . Lages . SC . Brasil . Fone: 49 3221.3300 . correiolageano@correiolageano.com.br

CL+| Correio Lageano - Todos os direitos reservados ©