Conecte-se a nós

Notícias

Moradores reclamam de alta velocidade na Avenida Belisário Ramos

Published

em

O edital para a contratação de uma empresa responsável pelas lombadas eletrônicas está sendo elaborado - Foto: Patrícia Vieira

Moradores reclamam da alta velocidade de alguns motoristas que trafegam pela Avenida Belisário Ramos (Carahá), em Lages. Era por volta das 16h30 de uma terça-feira, quando uma mulher saiu do culto da Igreja Deus é Amor e por pouco não foi atropelada. “Foi milagre de Deus”, disse a moradora do Bairro Brusque, que preferiu não se identificar.

Ela lembra que tentava atravessar a avenida em direção ao Terminal Urbano. Olhou para o lado, no sentido da Associação Empresarial de Lages (Acil), avistou dois carros, porém, ainda longe. “Em questão de segundos senti dois vultos vermelhos que passaram por mim em alta velocidade. Se não volto rápido para trás, não sei se estaria aqui hoje”, disse.

Para ela, os órgãos competentes precisam tomar alguma providência para a segurança dos motoristas, passageiros e pedestres que passam pelo local. “Assim como a construção de lombada física”, defende.

Alguns metros antes do local onde a mulher quase foi atropelada, tem uma lombada eletrônica, entretanto, o aparelho, assim como outros espalhados pelas principais avenidas da cidade, está desativado desde o dia 19 de dezembro do ano passado, isso porque expirou o contrato com a empresa que fazia a manutenção dos equipamentos.

A moradora do Bairro Guadalupe, Maria Angela Ribeiro, de 49 anos, ressalta a dificuldade em atravessar a avenida com segurança. Para Maria, a travessia é perigosa nos dois sentidos da via, principalmente, nos horários de pico. Nesse trecho, a velocidade permitida é até 60 quilômetros por hora, contudo, ao se aproximar da lombada eletrônica o motorista não deve ultrapassar os 40 km/h.

A falta de respeito por parte de alguns motoristas sobre os limites de velocidade estabelecidos nas vias é um dos principais problemas indicados pelos pedestres. “Falta responsabilidade e consciência no trânsito para que não coloquem em risco a vida de motoristas, passageiros e pedestres” define o aposentado José de Souza Macedo, de 77 anos.

Acidentes graves foram registrados na avenidas

No trecho citado pelos moradores, ocorreram vários acidentes, desde a queda de veículos no Rio Carahá, até atropelamento com vítima fatal. Na noite de  8 de maio deste ano, Vilson Rodrigues Antunes Júnior, de 46 anos, morreu após ser atropelado, próximo à Acil, por um veículo Peugeot placas de Lages.

Outro fato que chamou atenção ocorreu no dia 1º de junho, quando o condutor de uma caminhonete teria perdido o controle da direção em uma curva próximo à Acil, e só parou quando se chocou contra o Restaurante New Fish.

O motorista não teve ferimentos graves. Câmeras de videomonitoramento do estabelecimento  registraram a hora do acidente. O veículo teve a frente destruída, bem como a porta do restaurante. As causas do acidente não foram divulgadas.

Lombadas eletrônicas somente em 2019

De acordo com a Prefeitura de Lages, um estudo será feito seguindo as orientações do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e normas do Contran (Resolução nº: 396), a fim de detectar a viabilidade de instalação de lombadas eletrônicas em vias do município. Com isso, serão priorizados sinalização e outros instrumentos físicos. Os 68 pontos de fiscalização eletrônica serão revistos, podendo ser ampliados conforme a necessidade.

A previsão para o funcionamento das lombadas eletrônicas é para o início do próximo ano. A Secretaria de Planejamento e Obras está elaborando a licitação. “Estudos estão sendo desenvolvidos para elaboração do edital que irá regular a licitação de empresa responsável pelo funcionamento das lombadas eletrônicas. Tudo isso visa à maior segurança para pedestres e motoristas, e melhor dinâmica da mobilidade urbana”, conclui Claiton.

O secretário afirma que, além disso, outra medida que está sendo adotada pela Prefeitura de Lages para melhorar a fluidez do trânsito urbano, é a implantação de um sistema integrado de semáforos, que deve começar a funcionar em até 60 dias.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: