Conecte-se a nós

Notícias

Marcelo Odebrecht deixa carceragem da PF e vai para prisão domiciliar

Published

em

Marcelo, no momento da sua prisão, há dois anos - Foto: Folhapress

O empresário Marcelo Odebrecht deixou a carceragem da Polícia Federal em Curitiba nesta terça-feira (19), depois de quase dois anos e meio preso para cumprir restante da pena sob regime de prisão domiciliar, informou a Justiça Federal do Paraná.

O ex-presidente da empreiteira Odebrecht foi levado pela PF à Justiça Federal para uma audiência com a juíza federal substituta Carolina Lebbos, responsável pela execução penal, e depois deve viajar a São Paulo para iniciar o cumprimento da pena em sua residência, com tornozeleira eletrônica.

Marcelo Odebrecht foi preso pela Polícia Federal em junho de 2015, acusado de ser um dos protagonistas do esquema bilionário de corrupção revelado pela operação Lava Jato.

Depois de inicialmente ter negado qualquer irregularidade e rejeitado fazer um acordo de delação com as autoridades, o empresário mudou de postura mediante o avanço das investigações e a prisão de diversos funcionários de sua empresa.

Em dezembro do ano passado, a Odebrecht assinou um acordo de leniência com a força-tarefa da Lava Jato, no qual aceitou pagar multa de 6,7 bilhões de reais, e dezenas de executivos e ex-executivos da empreiteira revelaram casos de corrupção envolvendo obras públicas em vários Estados brasileiros e até mesmo em outros países da América Latina.

Marcelo Odebrecht é réu em diversas ações penais e já foi condenado a 19 anos de prisão em um dos casos da Lava Jato pelo juiz federal Sergio Moro. Ele era o único executivo da Odebrecht que permanecia preso no âmbito da operação.

Fonte: Reuters

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: