Conecte-se a nós

Notícias

Liberados recursos para emergência e calamidades

Published

em

No mês de junho do ano passado, logo após uma das maiores enchentes e enxurradas já registradas em Lages, o secretário municipal de Assistência Social e Habitação, Samuel Ramos, e o prefeito em exercício Juliano Polese (na época vice-prefeito), participaram de audiências em Brasília, na sede do Ministério do Desenvolvimento Social. Na pauta das reuniões, o desbloqueio de um recurso denominado Piso Variável de Alta Complexidade, o PVAC Granizo, na ordem de R$ 94.821,77. Este dinheiro estava na conta do Fundo Municipal de Assistência Social, mas bloqueado desde o ano de 2014, após a chuva de granizo que assolou Lages.

“Levamos em mãos um ofício aos representantes do Ministério, com o pedido de desbloqueio destes recursos que não foram usados em 2014. Nosso objetivo era utilizá-los nos auxílios às pessoas atingidas ainda no ano passado após aquela forte enchente. Demorou um pouco, mas no dia 14 de dezembro o Ministério de Desenvolvimento Social nos respondeu dando parecer favorável ao desbloqueio destes valores”, comenta o secretário Samuel.

Fundo Nacional

com isso, o saldo de recurso do Serviço de Proteção em Calamidades Públicas e Emergências, repassado pelo Fundo Nacional de Assistência Social ao Fundo Municipal está à disposição do município para despesas de custeio. A aplicação deste valor será feita somente em casos de situação de emergência ou calamidade instalada na cidade. “Agora temos a autorização e as diretrizes de como utilizar estes recursos. Um instrumento importante para possíveis ações emergenciais em favor da comunidade”, salienta Samuel Ramos.

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: