Conecte-se a nós

Esportes

Leoas da Serra: As Amandas, do primórdio ao topo

Published

on

Amanda e Amandinha são personagens do crescimento das Leoas da Serra - Foto: Fom Conradi /Leoas da Serra/ Divulgação

O duelo do próximo sábado (3), diante do Corinthians, dará início à temporada de 2018 das Leoas da Serra. Além da abertura do calendário, o jogo contra a equipe paulista será a primeira partida desde o anúncio do tetracampeonato de melhor jogadora do mundo conquistado por Amandinha, de 22 anos, no início deste ano.

Com a conquista do quarto prêmio, a cearense passou a ser a atleta com maior número de vitórias na eleição anual. Anteriormente ela estava empatada com a mineira Vanessa, ambas com três títulos.

A votação foi feita pelo site Futsal Planet e contou com a participação de mais de 200 especialistas na modalidade, dentre eles técnicos e atletas.

Para a estudante de fisioterapia da Uniplac, conquistar esse quarto título representa o reconhecimento de um trabalho que começou muito cedo, além disso disso significa uma busca por novas realizações dentro da modalidade.

“Quando eu vim para Lages e vivendo tudo que eu vivi aqui no ano passado, os sonhos só aumentaram. Hoje os meus objetivos são trazer os maiores títulos para a cidade de Lages, fazer com que as Leoas cresçam mais e mais, que o futsal feminino se torne mais valorizado e que um dia algum jogo da modalidade seja transmitido por uma televisão”.

Uma das paixões de Amandinha, o trabalho social das Leoas é algo que surpreende tanto quanto a curva de crescimento técnico que a equipe teve nos últimos dois anos. Esse sentimento une a melhor jogadora do mundo a uma atleta que acompanhou todas as fases do projeto, desde o seu primórdio até a sua chegada no topo.

Emoção

A lageana Amanda Souza, de 24 anos, sempre jogou em equipes de futsal locais, mas quando houve a ideia de juntar dois times da cidade, ela não imaginava que aquilo tudo tomaria a proporção que tomou nos dias de hoje.

“Sinceramente, quando começou eu via 10 pessoas na arquibancada em média nos jogos. Ano passado, principalmente, foi uma coisa espetacular. Enchi meus olhos de lágrimas quando vi o Jones lotado, não só na primeira vez, todas as vezes, em todos os jogos. Aquilo tudo parecia um sonho, todas aquelas pessoas vibrando pelo futsal feminino. Sou muito feliz por fazer parte desse projeto e por estar presenciando isso na minha própria cidade”, diz a acadêmica de Odontologia da Uniplac, que se forma na metade de 2018.

O crescimento do futsal feminino em Lages proporcionou além de resultados importantes para a cidade dentro de quadra, a oportunidade da reunião de diversas histórias. É o caso das atletas que usam as camisas 10 e 5 das Leoas da Serra.

Trajetórias diferentes, unidas naquele que atualmente é o mais abrangente projeto de futsal feminino do país. Uma veio de longe, outra nasceu aqui. Igualmente sentem-se em casa e vivem o sonho de jogar em um time amado por sua torcida, tendo em comum ainda o nome e o escudo que defendem: são as Amandas das Leoas da Serra.

Comentários
Compartilhe
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Instagram

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade/responsabilidade do Correio Lageano. A reprodução, adaptação, modificação ou utilização do conteúdo disponibilizado neste site, parcial ou integralmente, é expressamente proibida sem a permissão prévia por escrito do CL ou do titular dos direitos autorais.