Conecte-se a nós

Notícias

Lages terá sistema de semáforo moderno

Published

em

Sistema vai agilizar, organizar o trânsito e realizar reparos quase que instantâneos - Foto: Bega Godóy

Com o novo sistema inteligente, o trânsito terá mais fluidez, pois uma central de controle será instalada no segundo andar do prédio da Rodoviária Dom Honorato Piazera, onde funciona a Diretoria Municipal de Trânsito (Diretran). Monitorado 24 horas por controladores, o sinal será captado por satélite e em tempo real, permitindo a alteração do tempo e a sincronização dos semáforos.

Também vai agilizar os reparos, casos dos semáforos desorientados, intermitentes e lâmpadas queimadas e os defeitos originados por descargas elétricas que ocorrem, com ou sem chuva e, ainda, as oscilações de energia. Outra facilidade que o sistema vai oferecer é organizar o trânsito em eventos oficiais como os cortejos, carreatas e procissões, dispensando a figura do agente de trânsito, no local. “Não vai mais haver o para-para. Para agilizar o trânsito, essa é a única forma: a padronização dos controladores”, diz o executivo da coordenação de segurança e trânsito, Jacinto Bet.

Hoje, a sincronização dos semáforos é feita manualmente e semanalmente, o que atrasa o processo. A Diretran estuda a fluidez das principais vias e chega a um tempo razoável. Agora, da sala, os controladores poderão mudar o tempo do sinal verde quando acharem necessário, principalmente em casos de engarrafamento. A Avenida Dom Pedro II, por exemplo, tem seis semáforos e deve contar com o sistema Onda Verde (mesmo usado em grandes centros, como na Beira-Mar em Florianópolis) o que facilitará o fluxo da via. Desde que o motorista mantenha a média de velocidade, ele fará o percurso com todos os sinais abertos. “Os controladores serão treinados entre fevereiro e março e, possivelmente, no segundo semestre o sistema estará operando”, garante Jacinto Bet.

A implantação da direita livre em alguns cruzamentos também está no projeto da Diretran. Mesma medida adotada no entroncamento das avenidas Brasil e Presidente Vargas. Quem assegurou a instalação direita livre foi o novo diretor de trânsito em Lages, Rogério Juary. O arrecadado mensalmente em multas em Lages chega a R$ 500 mil, desses, somadas as despesas, a Diretran fica com R$ 100 a 150 mil.

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio
%d blogueiros gostam disto: