Notícias

Lages terá o primeiro debate dos candidatos à reitoria do IFSC

Published

em

Foto: Susana Küster

O Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) possui 110 anos, 21,8 mil alunos e 2,5 mil servidores, entre professores e técnicos administrativos. Uma instituição de ensino pública que passa por processo eleitoral para a escolha do reitor e para diretor-geral de 21 campi. Para conhecer melhor as propostas dos candidatos à reitoria, hoje, às 14 horas, será feito um debate entre os quatro candidatos, no auditório da instituição, em Lages. O Correio Lageano estará junto a esse processo, com a participação da editora executiva Cláudia Pavão, que será mediadora do debate, além da cobertura jornalística do debate que será publicada no jornal e no portal CL Mais.

O debate será dividido em quatro blocos, a ordem das falas de cada candidato será definida por um sorteio realizado na presença deles ou de seus representantes. No primeiro bloco acontecerá a apresentação e exposição pelos candidatos de seus planos de trabalho; no segundo, ocorre o debate entre eles; no terceiro, responderão perguntas do público que estiver na plenária e, no último bloco, serão feitas considerações finais.

Quem estiver no plenário, poderá participar com perguntas através do preenchimento de fichas, que serão distribuídas no início do debate. Todos os candidatos vão responder o mesmo questionamento, assim o público saberá a proposta de cada um.

Além do debate em Lages, que será o primeiro do processo eleitoral, serão realizados mais dois. O segundo será no dia 6 de novembro, às 19 horas, no campus Continente, em Florianópolis. O local do terceiro debate ainda não está definido.

Sobre a eleição

As eleições do 1º turno ocorrem no dia 13 de novembro com divulgação dos resultados no dia 14 de novembro. O período da campanha para o segundo turno começa no dia 20 de novembro e encerra-se no dia 29 do mesmo mês. O 2º turno será no dia 5 de dezembro e no dia 6 de dezembro, a divulgação do resultado. A posse dos eleitos está marcada para o dia 20 de abril de 2020 e o mandato é de quatro anos.

Serão eleitos os diretores-gerais dos campi Araranguá, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Florianópolis-Continente, Gaspar, Garopaba, Itajaí, Jaraguá do Sul-Centro, Jaraguá do Sul-Rau, Joinville, Lages, Palhoça Bilíngue, São Carlos, São José, São Miguel do Oeste, Tubarão, Urupema e Xanxerê. 

O voto não é obrigatório e podem votar professores e técnicos-administrativos que fazem parte do quadro efetivo da instituição, além dos alunos matriculados nos cursos de Ensino Médio, técnico, de graduação e de pós-graduação, presenciais ou a distância.

Assista ao vivo (click aqui):

 

Os candidatos

André Dala Possa

33 anos, jornalista, mestre em Ciências Sociais e doutor em Ciência da Comunicação pela Universidade de São Paulo. Atual pró-reitor de Extensão e Relações Externas. No IFSC, coordenou o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), foi diretor de Extensão e é pró-reitor de Extensão e Relações Externas. Propõe uma gestão técnica focada na excelência em ciência e tecnologia.

Maurício Gariba Júnior

58 anos, professor no IFSC desde 1989 e atual assessor de Relações Externas do campus Florianópolis). Engenheiro eletricista, mestre e doutor. Fez dois pós-doutorados na Espanha e curso de gestão universitária no Canadá. Já atuou como coordenador de curso, chefe do departamento e diretor do campus de Florianópolis. Entre suas propostas está a criação de polos regionais de produção de materiais didáticos para a Educação a Distância.

Consuelo Sielski

61 anos, pedagoga com mestrado e doutorado em Engenharia de Produção, atua como diretora-geral do campus de Tubarão. Foi a primeira reitora do Instituto e liderou sua expansão. Seu plano de gestão tem como um dos princípios “as pessoas em primeiro lugar”, tem propostas como a inovação em cursos e currículos e a simplificação dos processos. Outros objetivos são criar uma Central de Atendimento ao Estudante, fortalecer e ampliar os programas de assistência estudantil.

Marco Antonio Vezzani

58 anos, atual professor do curso de Segurança do Trabalho do campus Florianópolis, formado em Engenharia Agrícola e tem mestrado em Planejamento Turístico. É professor há 33 anos, oito na Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, com atuação no Instituto Federal de Brasília. Entre suas propostas, está a criação de um sistema de oferta de trabalho para formandos e egressos com informações de órgãos oficiais, como o Sine.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

clique para comentar

Deixe uma resposta