Conecte-se a nós

Notícias

Lages terá duas escolas com ensino médio integral

Published

em

EEB Visconde de Cairú, em Lages, é uma das duas escolas que terão o ensino integral - Foto: Adecir Morais

Neste ano, duas unidades estaduais em Lages terão ensino médio integral. As escolas Flordoardo Cabral, no Centro, e Visconde do Cairú, no bairro Vila Nova, receberam autorização para implantar este novo modelo de ensino. As matrículas já estão abertas.

A educação integral em Santa Catarina iniciou no ano passado e já recebeu a adesão de 30 escolas. O projeto faz parte da reforma do ensino médio, instituída pelo Governo Federal no ano passado. A proposta tem como principal objetivo aumentar a permanência do aluno na escola.

De acordo com Helton Souto Lima, gerente de projetos de educação do Instituto Ayrton Senna, entidade parceira do projeto ao lado da Secretaria de Estado da Educação, o ensino médio integral tem por objetivo oferecer oportunidades para educadores e jovens para a construção conjunta que valoriza o aprendizado.

Helton explica que é considera unidade de ensino integral aquela na qual o aluno passa uma média de nove horas diárias, estudando e realizando atividades. O ensino é integrado, com conteúdos de Português, Matemática, História, entre outras. O aluno também é incentivado a desenvolver competências, ser responsável e resolver problemas.

“O projeto tem por objetivo melhorar o aprendizado, diminuir a evasão escolar, promover o desenvolvimento integrado, preparar o aluno para o mercado de trabalho e fazer com que aprenda a atuar de forma cidadã”, destaca.

Helton faz questão de frisar que o ensino médio integral é uma realidade em Santa Catarina. Nesta semana, cerca de 650 profissionais de todo o estado, incluindo professores que atuam no projeto, reuniram-se em Lages para uma semana intensa de formação sobre a proposta. O evento aconteceu na Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac).

Ele destaca que, do ponto de vista de estrutura, as escolas estão se preparando para receber os alunos. A expectativa é que o projeto envolva cerca 5 mil alunos este ano, em Santa Catarina, nas 30 escolas que oferecem o programa. A tendência é que a proposta seja expandida para outras unidades escolares.

Avaliação

Ainda não há um estudo oficial sobre a eficácia do ensino integral em Santa Catarina. Entretanto, um monitoramento feito no ano passado nas escolas que aderiram à proposta, mostrou que o desempenho dos estudantes em Matemática e Português foi, em média, de 9% a 12% em comparação a outras escolas. Além disso, houve uma diminuição da evasão escolar.

Comentários
Compartilhe
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais