Conecte-se a nós

Notícias

Lages é credenciada para atendimento especializado em AVC

Published

em

A ala entrou em atividade no dia 15 de janeiro e já atendeu 14 pacientes - Foto: Andressa Ramos

Em média, por mês, o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages, atende 45 pacientes vítimas de Acidente Vascular Cerebral, o AVC. No Brasil, o problema é o que mais mata e também o que mais deixa pacientes com sequelas.

Há 15 dias, Lages possui a unidade de atendimento de urgência a pacientes com AVC, que visa a diminuir casos de pessoas com problemas pós-acidente e também o número de falecimentos. A estrutura diferenciada já recebeu 14 pacientes, destes, quatro casos foram considerados sucesso, só pelo fato de não ficarem com sequelas.

O HNSP é a segunda unidade em Santa Catarina com referência habilitada para atender a pacientes com AVC. O setor conta com equipe multidisciplinar, com médico, enfermeiro, técnico em enfermagem, psicólogo, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista, entre outros profissionais. A proposta é que todo trabalho seja integrado. Além de quem está dentro do hospital, os profissionais das Unidades de Saúde de toda a região foram capacitados para acolher estes pacientes depois do acidente, dessa forma, um estudo poderá ser realizado para confirmar a efetividade de uma unidade especializada em AVC para a cidade.

O superintendente do hospital, Fábio Lage, enfatiza que o AVC pode ser considerado um problema social, afinal, o paciente dependerá de cuidados especiais e, na maioria das vezes, um familiar precisa deixar o mercado de trabalho ou afazeres para cuidar da vítima. Justamente por este motivo é de que todos os profissionais da área da saúde devem trabalhar em conjunto. “O objetivo da ala é reduzir a sequela e que esse paciente saia daqui, preferencialmente, sem esse sintoma, reduzindo não só o problema de saúde, mas também o social.”

A nova ala recebeu investimentos por meio de emenda parlamentar da deputada Carmen Zanotto, porém, uma rede de apoio foi criada para que Lages estivesse apta a receber a unidade de tratamento. “Trabalhamos em parceria com a Bancada Federal de Santa Catarina, Governo do Estado e Prefeitura de Lages, e com muito esforço conseguimos a publicação da portaria nº 4.081, no dia 29 de dezembro de 2017, que habilita o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres como Centro de Atendimento de Urgência Tipo III aos pacientes com Acidente Vascular Cerebral (AVC)”, ressalta a parlamentar. Com a autorização, o hospital irá receber recursos para atendimento de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar.

Como funciona

Fábio Lage explica que, havendo a suspeita de AVC, o paciente é recebido e direcionado para uma tomografia, depois disso, sobe para a ala e recebe os cuidados. “Atendimento de forma muito mais ágil”. O atendimento é de 24 horas, com 12 leitos pelo Sistema Único de Saúde e dois particulares.

Como identificar

O neurocirurgião Marcelo Conrad, coordenador da ala, explica que ao desconfiar que alguém está tendo um AVC, é sugerido seguir o esquema SAMU (Sorrir, Abraçar, Música e, por último, urgência). O primeiro passo é pedir para que a pessoa sorria, depois que dê um abraço e, por fim, cantar uma música, se ela não corresponder às expectativas, deve-se ligar para a urgência, neste caso, o Samu.

Investimentos

A deputada aproveitou a oportunidade da cerimônia de inauguração da ala para anunciar que, em 30 dias, deverá fazer a entrega de valores ao hospital para o investimento em 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva.

Carmen Zanotto participou da inauguração e entrega de equipamentos – Foto: Sandro Scheuermann/Divulgação

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio
%d blogueiros gostam disto: