Conecte-se a nós

Negócios

Lageanos planejam gastar R$147 com o presente do Dia dos Pais

Published

em

Foto: Patrícia Vieira

A poucos dias do Dia dos Pais, o comércio lageano está preparado para a data. A expectativa é de aumento nas vendas. A data promete impulsionar as vendas, neste segundo semestre que coincide com as liquidações de inverno.

Com isso, no segundo domingo de agosto, a maioria dos pais, em Lages, deverão receber de presente uma peça de roupa. Segundo levantamento da Fecomércio-SC para a data, o vestuário será a principal opção de presente para 63% dos consumidores, seguido por perfumes e cosméticos (15,8%) e calçados (9,2%). O gasto médio do lageano será de R$147,24. Para a pesquisa, além de Lages, foram entrevistadas 2.110 pessoas em mais seis cidades do Estado, entre os dias 10 e 17 de julho.

Os lojistas estão confiantes e otimistas de que a data vai trazer bons lucros para o setor. A expectativa do aumento nas vendas é de pelo menos 5%. “A liquidação de inverno que coincide exatamente com o Dia dos Pais é uma atração a mais para o consumidor vir às compras”, declara a gerente da Casa Avenida, Juciane Bueno Mello.

Segundo, Juciane, a expectativa é a partir desta semana as vendas melhorem. Tanto no setor masculino quanto no feminino. “Esperamos um bom movimento nos próximos dias, pois além do Dias dos Pais, é época de recebimento de pagamentos.”

Para atrair os clientes, além das promoções de inverno, os comerciantes apostam em campanhas especiais para a data. Na Loja Honolulu, segundo informações do diretor de vendas, Celio Bueno Junior. “A expectativa é boa. Pois os consumidores sempre procuram por um presente desde o vestuário calçados e acessórios para dia dos Pais.”

O pedreiro, Joel Vellasques, de 42 anos, aproveitou as promoções para comprar um agasalho. “As promoções me chamaram a atenção, e resolve me presentar”. Ele, conta que é pai de cinco filhos e, que se não ganhar nada não tem problema “ O melhor presente é meus filhos estejam sempre bem e com boa saúde.”  afirmou

Para Tereza Varela, de 60 anos, esta é uma boa época para comprar agasalhos de frio.“Como estou precisando, vou aproveitar as liquidações”. Em relação ao presente para o Dia dos Pais, ela disse que ainda não definiu. Pois a situação financeira não anda muito boa, e com isso pretende economizar. “Comprar só o necessário”.

Maioria quer pagar à vista

Já em relação à intenção de forma de pagamento das compras, segundo dados da Fecomércio-SC, a maioria dos consumidores lageanos tem como objetivo pagá-las à vista. A opção à vista em dinheiro foi a mais lembrada (51,2%) pelos catarinenses, sendo seguida pela compra parcelada no cartão de crédito (21,8%) e pelo pagamento à vista no mesmo cartão de débito (11,9%).

“Os catarinenses mantêm cautela em relação às novas dívidas, mas demonstram confiança quanto aos gastos optando por consumir dentro do seu poder de compra. Esse comportamento reduz o endividamento familiar, ao mesmo tempo em que lança importantes recursos para a economia catarinense nesta fase de consolidação da recuperação econômica”, avalia o presidente da Fecomércio SC, Bruno Breithaupt.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: