Conecte-se a nós

Entretenimento

Lageano vai narrar a “Copa do Mundo” dos rodeios

Published

em

25 é a média de rodeios que Fabiano narra por ano - Foto: Divulgação

A voz dele dita a emoção nos rodeios e sua experiência condiciona sua carreira na atividade. Locutor desde os 18 anos, o lageano Fabiano Barbosa Marques, de 34 anos, foi convidado para narrar o Rodeio Internacional de Vacaria, uma dos maiores eventos tradicionalistas do Brasil. Ao lado de outros locutores, ele terá a missão de contar o que acontece com os peões no lombo dos animais.

Esta é a primeira vez que será locutor do Rodeio de Vacaria, que começa neste sábado e vai a até 4 de fevereiro. A oportunidade surgiu a partir de indicações de pessoas do meio tradicionalista que convivem com ele. “Fui indicado. Para mim é uma honra poder participar deste evento”, comemora.
Fabiano viajou na sexta-feira (26) para Vacaria, onde ficará até a próxima quarta-feira. “Para mim, é emocionante e uma honra poder narrar neste evento, que é considerado a Copa do Mundo dos rodeios e representa uma vitrine para os locutores”, comenta o lageano, que mora no Bairro Copacabana.

Membro do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Anita Garibaldi, o locutor começou a narrar incentivado pelo tio, Cláudio Canhoto, que está na atividade há 40 anos. “Eu sempre o acompanhava nos rodeios. Um dia ele estava narrando e precisou sair, aí comecei a narrar no lugar dele. De lá para cá, não parei mais”, lembra ele, que, por ano, narra de 20 a 25 rodeios em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul.

Funcionário de uma empresa do ramo de nutrição animal, Fabiano diz que se “transforma” quando entra na arena lotada para trabalhar, e nem de longe parece a pessoa tímida que aparenta ser. “As pessoas dizem que sou tímido, mas quando começo a narrar, me transformo. Acho que é um dom de Deus”.

Rodeio

Com abertura programada para este sábado, o Rodeio Internacional de Vacaria deverá reunir de 3.500 inscritos para as provas artísticas. O primeiro final de semana é dedicado às crianças e adolescentes de 9 a 13 anos, com a realização do VIII Rodeio Crioulo Nacional do Alvorecer Tradicionalista (RCNAT), que reunirá aproximadamente 500 competidores. Outros três mil participarão dos demais concursos, que se iniciam no domingo (28), com as Danças Birivas do Tropeirismo Gaúcho.

Organizado pelo CTG Porteira do Rio Grande, o rodeio, que chega a sua 32ª edição, reúne milhares de pessoas. Além das partes artística e campeira, também contará com grandes nomes da música tradicionalista, como Luiz Marenco, Elton Saldanha, Ivonir Machado, Os Monarcas, Os Serranos, Mano Lima, Tchê Barbaridade, entre outros artistas nacionais.

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: