Conecte-se a nós

Esportes

Jesmel: competição serve para divulgar o atletismo

Published

em

Lune da escola Santa Helena gosta de esportes coletivos, mas por curiosidade inscreveu-se no salto em distância e gostou - Foto: Bega Godóy

Alunos-atletas de 18 escolas municipais disputaram a etapa do atletismo dos Jogos Escolares do Sistema Municipal de Educação (Jesmel), na segunda-feira (14). As mais de 30  provas de campo e pista aconteceram nos Estádio Vidal Ramos Júnior, envolvendo cerca de 400 participantes de quatro categorias (sub 10, 13, 15 e 16). A Escola Osni de Medeiros Regis, do Bairro Tributo, com a supervisão do professor-técnico, Claudio Medina foi a campeã geral.

A aluna Lune Vaz, 14 anos, estuda na Escola Santa Helena e é uma da participantes da etapa. Ela aprova o formato da competição. “Gosto de esportes coletivos (handebol) mas com o Jesmel tenho a chance de conhecer o atletismo e interagir com estudantes de outras escolas”, disse a aluna do nono ano.

A escola dela inscreveu 10 representantes que tentaram classificações em quase todas as provas de pista (corridas de velocidade: 50,78,100 e 400 metros e revezamento 4 x 100) já as de campo foram de lançamento de dardo e arremesso de peso.    

De acordo com um dos coordenadores dos Jesmel, professor Zé Mario Mescke, o número de participantes superou as expectativas e por essa razão ajuda a divulgar  a modalidade, tão pouco praticada nas escolas.

“O Jesmel oportuniza a prática competitiva do atletismo, uma vez que as 33 escolas municipais não possuem infraestrutura para ensinar esse tipo de esporte”, diz ele, ao destacar que essa disputa de hoje complementou a etapa que começou dia cinco deste mês.

O professor Marcelo Barroso leciona em três escolas, Índios, Joaquim Henriques e Belizária Rodrigues e inscreveu 50 alunos em quase todas as provas. “Nas escolas eles não têm espaço, mas adoram a competição. O atletismo é uma das modalidades que privilegia a maior quantidade de aluno. Todos sabem saltar e correr. Se for num esporte coletivo, por exemplo, nem todos se identificam e para montar as equipes precisa fazer uma seleção”, observa o educador.

A próxima etapa acontece em julho com  o xadrez e tênis de mesa. O congresso será dia dois de julho e os jogos na sede do Pinheirinho na BR-282 e no Vidal Ramos Júnior com expectativa de 25 escolas e mais de 300 alunos.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: