Geral

Investigação sobre furto de sino é arquivado

Published

em

Sino estava em Paróquia desde a década de 40 e foi furtado em janeiro - Foto: Andressa Ramos/ Arquivo CL

Acostumados a notícias de furtos e roubos, a população de Lages, em especial os moradores do Bairro Guarujá, custaram a acreditar que um sino pesando 300 quilos teria sido objeto de furto. Mas foi. O furto aconteceu em janeiro deste ano e a Paróquia Nossa Senhora da Saúde foi a vítima. E aconteceu menos de 24 horas após manifestação dos moradores pedindo por mais segurança.

De acordo com o delegado de Polícia Civil Jackson Guasselli Pessoa, foram realizadas investigações por um período de quatro meses, sem que isso levasse a uma conclusão ou levantasse nomes de suspeitos, uma vez que não conseguiram imagens ou testemunhas.

Por essa razão, o processo foi remetido ao Ministério Público, que pediu o arquivamento. Porém, isso não quer dizer que o processo não possa ser desarquivado. “Se surgirem novas informações o caso pode ser reaberto”, disse o Delegado.

Histórico

Composto por 90% de bronze e 10% de cobre, o sino estava na paróquia desde a sua fundação, há mais de 40 anos e, segundo avaliação do padre da época, custava R$ 7 mil.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com