Conecte-se a nós

Notícias

Homem teria sido detido após atear fogo em residência

Published

em

Foto: Arquivo/CL

Atualizada às 11h50min

A síndica do Condomínio Aristorides Machado de Melo (Lili), Sonia Ribeiro de Lima diz que não procede a informação que um homem teria aberto o registro do gás e tentado pôr fogo no prédio. Ela afirma que não passa de uma denúncia “mentirosa” para  prejudicar o residencial. “Aqui é um lugar bom de morar, porém, sempre tem pessoas que tentam prejudicar, com denúncias sem fundamentos” disse.

O Boletim de Ocorrência da Polícia Militar enviada a imprensa informa que a PM foi acionada na Avenida Antônio Ribeiro dos Santos, no Bairro Várzea, em Lages, para atender uma ocorrência de incêndio no Condomínio Aristorides Machado de Melo (Lili). O fato teria ocorrido na madrugada de domingo (29). E que no local um homem de 51 anos, teria sido contido por moradores após ser flagrado tentando colocar fogo no residencial.

Ainda de acordo com a polícia, o homem estava transtornado. Além de ter aberto o registro de gás e ateado fogo a uma camiseta que seria usada como estopim. O motivo seria uma desavença com a família da esposa. O homem que não teve a identidade divulgada, teria sido detido e encaminhado a Central de Plantão Policial.

Para Sônia, não passa de um atrito particular entre moradores. Pois muitas vezes, os desentendimentos são causados por outros motivos, como por exemplo, por vagas em estacionamento. “Pois no local, há vagas reservadas para deficientes físicos e idosos. E alguns moradores não respeitam”, afirma Sonia.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: