Conecte-se a nós

Notícias

Governo promete para este ano, obras para frear os deslizamentos

Published

em

A Serra do Rio do Rastro possui 23 pontos de deslizamento detectados pela Defesa Civil - Foto: Defesa Civil/ Arquivo/ Divulgação

A Serra do Rio do Rastro receberá R$ 9 milhões de investimento em trabalhos de contenção ainda este ano. A promessa é do governo estadual que com 1,8 milhão executará obras de intervenção para garantir a segurança do local e eliminar os riscos de desabamento.

Este valor se somará a R$ 3,2 milhões oriundos da Defesa Civil Nacional. O governo também fará pavimentação asfáltica com um valor de R$ 4 milhões.

Ainda não há uma data para começar as obras, mas a ideia da Secretaria de Estado de Infraestrutura é terminar este ano. De acordo com a Defesa Civil do Estado, o trabalho deve ser licitado até o mês de abril, tudo depende da análise e do andamento do processo junto ao Governo Federal.

Os recursos serão utilizados para a limpeza de canaletas, retiradas de pedras e obras de contenção em pontos críticos. Também serão implantadas mais placas de sinalização de turismo e de segurança. A Defesa Civil de Santa Catarina já fez no local, tipologia e categorização de risco, mapeamento e espacialização os perigos, além de emissão de laudos.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro, afirma que o órgão está esperando a descentralização financeira para lançar edital da obra. O que deve ocorrer até abril.

Acidentes

No ano passado, a Serra do Rio do Rastro, que possui 23 pontos críticos de deslizamento de rochas e detritos, teve quatro quedas de barreira (fora os deslizamentos pequenos). Uma destas ocorrências causou um acidente, no dia 15 de outubro, envolvendo um ônibus e um carro, e ocasionou ferimentos em uma pessoa e danos materiais nos veículos.

Produto

Para evitar novos acidentes, em 2017, a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Criciúma e a Coordenadoria Regional da Defesa Civil realizaram um teste com a aplicação de um impermeabilizante na encosta da rodovia. Foram utilizados 20 mil litros em dois locais para a terra ficar firme e não desmoronar. A ação surtiu efeito positivo.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: