Conecte-se a nós

Notícias

Governo nega crise nas relações com EUA por causa do acordo com o Irã

Published

em

Brasília, 31/05/2010 – Agência Brasil

 

O assessor especial da Presidência da República para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, negou hoje (31) que as relações bilaterais com os Estados Unidos tenham ficado estremecidas devido ao acordo firmado entre Brasil, Turquia e Irã referente ao programa nuclear do país islâmico. Marco Aurélio Garcia disse que divergências são normais: “O que não é normal é que essas relações estejam sempre em lua de mel”.

 

Após participar da reunião da Comissão Econômica para Países da América Latina e Caribe, hoje (31) em Brasília, o assessor especial rebateu as críticas feitas ao Brasil de ter sido ingênuo ao intermediar o acordo. “Ingênuo é quem acredita nos relatórios de inteligência”, rebateu.

 

“Nós não negociamos em nome dos Estados Unidos. Negociamos em nome do Brasil e da Turquia, e em nome dos interesses que consideramos [ser] da comunidade internacional”, enfatizou Marco Aurélio Garcia, que ainda alertou que a imposição de sanções ao Irã, exigida pelos Estados Unidos, só reforçaria a atuação de grupos radicais. “É seguir por um caminho que não traz nenhum resultado concreto, a não ser satisfazer alguns grupos radicais.”

 

O assessor da Presidência disse que a participação de países como Brasil e Turquia em negociações internacionais importantes acaba incomodando setores do governo dos Estados Unidos. “Há interpretações de que certos setores do governo norte-americano se incomodam com o fato de que países como Turquia e Brasil participem da resolução de questões internacionais, onde outras potências fracassaram. Em certa medida, isso pode ser verdadeiro”, disse.


Fonte: Agência Brasil

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: