Conecte-se a nós

Notícias

Fornecimento de gás natural em rede pode ser afetado pela paralisação em algumas cidades

Published

on

Foto: Divulgação

Em virtude da paralisação promovida por motoristas de caminhão que corre em todo país, a SCGÁS tranquiliza seus consumidores e informa que o abastecimento com gás natural veicular (GNV) aos postos de combustíveis, em sua maioria, não será prejudicado pelas paralizações. Os segmentos industrial, comercial e residencial também não serão afetados.

A SCGÁS atende atualmente 132 postos em Santa Catarina, e apenas nove deles podem ter suas atividades de fornecimento de gás natural afetadas, por serem atendidos pelo modal de gás natural comprimido – nesta alternativa de mercado, o gás natural é retirado da rede e transportado por caminhões até os postos. Os demais clientes do segmento veicular da SCGÁS são abastecidos por meio de redes canalizadas, o que garante fornecimento contínuo e ininterrupto.

Os estabelecimentos possivelmente prejudicados foram alertados pela Companhia, e terão seu abastecimento restabelecido gradativamente ao término da greve. Abaixo, a lista de postos atendidos que podem ser afetados:

  •        Posto AO Petrolages – Lages;
  •        Posto BR 4R – Rio do Sul;
  •        Posto BR Oenning – Braço do Norte;
  •        Posto IP Furnas Sombrio – Sombrio;
  •        Posto BB Fratelli São João do Sul – São João do Sul;
  •        Posto BB Guarujá – Lages;
  •        Posto Neogás Hoffmann – Orleans;
  •        Posto Neogás Michells Beach – Imbituba;
  •        Posto BB MIME 14 – Pouso Redondo;

O GNV, que proporcionava elevados percentuais de economia em relação aos combustíveis líquidos, abriu vantagem ainda maior frente aos seus concorrentes nos últimos dias. Após as altas recentes, com base nos preços médios da ANP em Santa Catarina, o gás veicular passou a apresentar 56% de vantagem comparado à gasolina e 66% em relação ao etanol. Em termos práticos, abastecendo R$ 30 de cada combustível, o motorista anda 65 km utilizando etanol, 82 km com gasolina, e 189 km rodando com GNV.

Comentários
Compartilhe

Notícias

Tanque é alvo de vandalismo

Published

on

Uma impressora foi encontrada dentro da água - Fotos: Divulgação

O Parque Jonas Ramos, o Tanque, no Centro de Lages, foi alvo de vândalos na madrugada deste domingo (24). Além de latas, garrafa e caco de vidro espalhados pelo parque, dentro da água havia até uma impressora.

Em seu perfil no Facebook, o secretário do Meio Ambiente, Euclides Mecabô, lamentou a depredação e disse: “Isso representa uma falta de consciência da importância dos equipamentos públicos”.

Para o secretário, estes danos provocam prejuízos para o patrimônio público, a ideia é que a comunidade ajude nestes casos, denunciando quando possível. As providências serão tomadas junto aos órgãos competentes para que possam identificar as pessoas e posteriormente responderem pelos seus atos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo

Notícias

Homem morre após briga em Abdon Batista

Published

on

Foto: Divulgação

Um homem morreu e outro ficou ferido após uma briga na noite deste sábado (23) no Conjunto Nova Esperança, no município de Abdon Batista.

Segundo informações, os dois homens estavam em um bar, quando iniciou uma discussão. Um deles, identificado como Dirceu de Assis, de 39 anos, foi atingido por um disparo de arma de fogo que teria sido efetuado por Valdair de Chaves, que também foi ferido com golpes de faca.

Os envolvidos foram encaminhados para o hospital Dr. José Athanásio, em Campos Novos, com auxílio da ambulância da saúde e Samu. Dirceu morreu ao dar entrada no hospital.

Valdair foi preso pela Polícia Militar ao deixar a emergência do hospital, e levado a Delegacia de Polícia Civil, em Lages. Os motivos do crime serão investigados.

Fonte: Portal Oséias Inácio

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo

Notícias

Valor de terreno onde Berneck pode se instalar é incerto

Published

on

Terreno fica próximo a Seara, nas margens da BR-116, em Lages - Foto: Susana Küster

Continua a discussão sobre o valor do terreno, que fica às margens da BR-116, próximo à empresa Seara, onde a Berneck pretende se instalar, em Lages. Em parte do terreno de 576.943,02 metros quadrados há um reflorestamento de pinus e o conjunto foi avaliado pelo município em R$ 2,5 milhões. O valor foi recusado pelos proprietários da área e o Poder Judiciário, por meio de um oficial de Justiça, avaliou em R$ 2,6 milhões.

A família Arruda Schroeder, que é proprietária do terreno, entrou com recurso no Tribunal de Justiça de Santa Catarina, que determinou que um técnico faça nova perícia judicial. Este trabalho já começou e, segundo informações da prefeitura, deve ser concluído em 30 dias.

Segundo a Procuradoria-Geral do Município (Progem), os atuais proprietários reivindicam R$ 6.783.460. A diferença entre o valor averiguado pelo município e o solicitado pela família é de R$ 4.213.460 e a diferença entre o valor apontado pelo oficial de Justiça e o da família é de R$ 4.143.950.

O que os proprietários alegam para pedir um valor mais alto é que o terreno se caracteriza como sendo urbano e não rural, como defende a prefeitura.

Enquanto essa pendência não se resolve, o município fechou acordo com a Seara, através de um Termo de Acordo de Desapropriação, no valor de R$ 753 mil, pois a empresa é proprietária de parte do terreno onde a Berneck pretende se instalar. O valor pedido pela Seara é o mesmo constatado pelo laudo técnico solicitado pela prefeitura.

Mesmo ainda não tendo um valor definido para o terreno, o município depositou em juízo R$ 2,5 milhões referentes à segunda área, para a família.

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo

Rua Coronel Córdova, 84 . Centro . 88502-000 . Lages . SC . Brasil . Fone: 49 3221.3300 . correiolageano@correiolageano.com.br

CL+| Correio Lageano - Todos os direitos reservados ©