Conecte-se a nós

Notícias

Foco, dedicação e superação trazem um mundo de conhecimento

Published

em

Gustavo Gonçalves Branco e suas professoras - Fotos: Toninho Vieira/ PML/ Divulgação

Aos quatro anos, vítima do glaucoma, Gustavo Gonçalves Branco, hoje com 11, perdeu totalmente a visão. O caso é irreversível, e o diagnóstico foi um baque para a família, que se perguntava como seria o futuro do garoto dali em diante.

A imagem do mundo em cores se apagou, mas a vontade de superar e seguir em frente continuava forte. E neste sábado, 11 de agosto, Dia do Estudante, o aluno especial é motivo de orgulho na Escola Municipal de Educação Básica Mutirão, no Bairro Habitação, onde estuda desde o ensino infantil.

As professoras acompanham a trajetória de superação e evolução de Gustavo. Hoje, aluno do sexto ano, ele está alfabetizado em braile, o sistema de escrita e leitura tátil para cegos e pessoas com baixa visão. A escola possui uma sala de Atendimento Educacional Especializado (AEE), onde realiza atividades com equipamentos adaptados à sua condição.

“Ele adquiriu tanta habilidade, que escreve em sua máquina de braile mais rápido que os demais alunos com a escrita normal”, conta a professora de apoio, Silvia Mariza da Silva Muniz, que acompanha Gustavo diariamente em todas as disciplinas.

Sem a visão, desenvolveu maior sensibilidade em outros sentidos e se mostrou excelente musicista. Através de um projeto de iniciação musical desenvolvido pela escola, passou a frequentar aulas de violino no contraturno escolar há cerca de um ano e meio.

“Com apenas dois meses de aula já começou a tocar algumas músicas. É incrível como ele se dedica e aprende fácil”, conta a professora.

Os desafios eram muitos, principalmente o de inserção na comunidade escolar, onde todos os outros enxergam normalmente. E para ajudar nesta questão, a professora de matemática, Schayla Costa Pissetti, deu um empurrãozinho. Em uma das aulas, ela pediu para que todos os alunos vendassem os olhos e tentassem se locomover pelo pátio da escola e fizessem as atividades de rotina.

“Os colegas ficaram muito orgulhosos do Gustavo por entenderem as dificuldades diárias que ele enfrenta por não enxergar”, comenta a professora.

E quando questionado sobre o futuro, Gustavo tem sonhos. Ele quer ser professor de matemática, sua disciplina preferida, colocando um sorriso de satisfação no rosto de Schayla.

Kevin quer ser astrofísico

Estudar o universo utilizando as leis e conceitos da física. Kevin Ribeiro Nunes sonha grande. Aos 13 anos, ele já sabe o que pretende quando se tornar adulto e que o caminho exige muita disciplina e dedicação, principalmente por ser oriundo de escola pública. O objetivo é passar no vestibular e ingressar numa universidade federal.

O pai, Natanael da Rosa Nunes, professor estadual de ensino religioso, conta orgulhoso sobre as horas dedicadas ao estudo e a paixão pelos livros. “Se deixar ele fica o dia inteiro lendo, estudando, pesquisando. Desde pequeno sempre foi muito curioso”.

O incentivo vem de berço, pois o pai também é um apaixonado pela boa leitura e mantinha uma minibiblioteca na sala de casa, sempre ao alcance de Kevin. “Procurei estimular nele esse hábito. Ensinei que podemos conquistar tudo o que almejamos, basta acreditar em si mesmo, sempre com humildade, pois este é o primeiro degrau da sabedoria. O verdadeiro sábio divide seus conhecimentos”, comenta o pai.

O pai de Kevin, Natanael, sempre incentivou o filho aos estudos e à leitura

Na Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Coronel Manoel Thiago de Castro, no Bairro Santa Clara, Kevin sempre foi o aluno destaque, motivo de muitos elogios da equipe de professores. Já foi premiado em vários concursos municipais, sendo os dois últimos de desenho e poesia.

“Ele é ótimo em todas as disciplinas. É muito gratificante ver o retorno do nosso trabalho. Acreditamos que ele vai longe”, comentam as professoras de matemática e português, Aline Delfes e Roseli Chaves.

Fonte: Prefeitura de Lages

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: