Conecte-se a nós

Notícias

Feriado começa violento nas rodovias de santa catarina

Published

on

PRF espera que movimento nas rodovias aumente na segunda e na terça - Foto: Susana Küster

O feriadão mal começou, mas até a tarde de sexta-feira (22) as estradas catarinenses já tinham contabilizado nove mortes em acidentes ocorridos em Rio Rufino, Luzerna, Agrolândia, Florianópolis, Vargem Bonita e Chapecó.

Com o intuito de prevenir acidentes, a Polícia Rodoviária Federal iniciou na sexta-feira, a Operação Rodovida, que é a maior ação do ano de enfrentamento à violência no trânsito.

A operação termina só no dia 18 de fevereiro, domingo após o Carnaval. Este período, que concentra férias escolares e festas de Natal, Ano Novo e Carnaval é o de maior movimento nas rodovias em todo o ano por isso a operação é longa.

Em Santa Catarina, milhares de veículos de outros estados e até do exterior devem se somar à frota local, a maioria se dirigindo principalmente às praias do litoral do Estado.

O chefe do núcleo de comunicação da PRF, Adriano Fiamoncini, afirma que os policiais esperam um movimento tranquilo nas rodovias durante o domingo e a partir de segunda e terça-feiras, o fluxo deve aumentar devido a busca pelo litoral na passagem de ano.

O foco das fiscalizações desse feriadão é o reforço contra a embriaguez no trânsito.

Em SC, a PRF dispõe de 110 aparelhos etilômetros devidamente aferidos. Vale lembrar que dirigir sob influência de álcool é uma infração gravíssima punida com suspensão do direito de dirigir por doze meses e multa de R$ 2.934,70. A mesma multa é aplicada ao condutor que se nega a se submeter aos testes. 

Ano passado, operação terminou com 106 mortos

Na Operação Rodovida, do ano passado, a PRF em SC registrou 2.320 acidentes com um saldo de 2.208 feridos e 106 mortos. Nesse período foram flagrados 1.137 condutores embriagados e 2.968 ultrapassando em faixa dupla.

A PRF recomenda aos viajantes, o planejamento da viagem. Os policiais indicam que o motorista deve se informar sobre as distâncias que percorrerá, condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada.

Além disso, pedem para os condutores não esquecerem a documentação pessoal e do veículo, fazerem revisão preventiva e providenciar a checagem do automóvel mesmo para pequenas viagens.

Há outros cuidados como calibrar os pneus e dirigir com eles em bom estado e revisar o motor. É imprescindível não esquecer de verificar a presença e estado dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de para-brisa e luzes do veículo.

Descanso_ É importante fazer pausas para descanso a cada 3 horas porque a PRF explica que quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno chamado hipnose rodoviária, na qual mantém os olhos abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta.

Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora.

Condições climáticas_ PRF pede para que sob chuva ou cerração, imediatamente se reduza a velocidade e aumente a distância em relação ao veículo que trafega a sua frente.

Nestas condições o pavimento fica úmido e escorregadio, reduzindo a aderência dos pneus e elevando o risco de derrapagens e aquaplanagens.

Em caso de acidente sem vítimas, com poucos danos materiais e em que o veículo ainda possa seguir rodando com segurança, o envolvido pode optar por fazer o registro em casa, pela internet, chamado E-DAT (Declaração Eletrônica de Acidente de Trânsito).

O documento tem valor legal, é reconhecido por outros órgãos e seguradoras.

Comentários
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Instagram

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 . Centro . 88502-000 . Lages . SC . Brasil . Fone: 49 3221.3300 . correiolageano@correiolageano.com.br

CL+| Correio Lageano - Todos os direitos reservados ©