Conecte-se a nós

Entretenimento

Feira de Orquídeas atrai admiradores em Lages

Published

em

A planta conhecida como véu-de-noiva é uma das mais procuradas, conta o criador e cultivador Claudio - Foto: Patrícia Vieira

A beleza e variedade das orquídeas chamam a atenção dos olhares curiosos durante a 1ª Feira de Orquídeas realizada no Lages Garden Shopping. O evento promovido pelo Orquidário Vismara, de São Paulo, reuniu cerca de 1500 plantas de 130 espécies, entre mudas a plantas floridas. A feira segue até este domingo (15).  Segundo o criador e cultivador de orquídeas, Claudio Vismara, na feira tem plantas para todos os gostos e bolsos. Os preços variam de R$ 30 até R$ 80. As suculentas são vendidas no valor de R$ 5. 

As orquídeas são unanimidade quando o assunto é favoritismo: todo mundo se rende aos encantos delas. Assim como a Edite dos Santos Ramos, que não resistiu ao charme de uma Cymbidium Pendente, e comprou o vaso com a flor. Uma das espécies mais apropriada para o clima frio, como o da Serra Catarinense. 

Edite dos Santos Ramos não resistiu ao charme de uma Cymbidium Pendente

 

Cultivo

Para se ter uma planta sempre bonita e saudável é necessário alguns cuidados.

Irrigação

O correto é regar a orquídea por cima, deixando sempre a água escorrer totalmente. Regue pelo menos duas vezes por semana quando o clima estiver quente. Ele deverá ficar sempre úmido, mas nunca encharcado. Os pratinhos embaixo dos vasos são dispensáveis para acumular água, que acarretará no apodrecimento das raízes. “O excesso pode apodrecer as raízes e matar a orquídea”, comenta Claudio.  

Escolha da planta

Procure escolher orquídeas que conseguirão se adaptar à sua região.

Vasos 

Os ideais para o plantio das orquídeas são os de barro com furos laterais ou os xaxins de palmeira.

Luminosidade 

 As plantas devem ficar em locais onde possam receber a luz solar no horário da manhã (até as 9 horas) ou no final da tarde (depois das 16 horas). A luz solar é um importante fator para o desenvolvimento das plantas, sem ela a orquídea não floresce.

Ventilação

O local onde as orquídeas ficarão seja bem arejado. Porém, evite sempre ventilação muito intensa, afinal, isso poderá acarretar na danificação das suas orquídeas e vasos devido a quedas.

Adubação

Todas as plantas precisam de nutrientes. As orquídeas não são diferentes. O ideal é adubá-las uma vez por semana. Pode ser adubos químicos ou orgânico. Caso escolha adubos líquidos foliares, adiciona algumas gotas à água e procure molhar a parte inferior das folhas de suas orquídeas. É nessa parte que se encontram os estômatos que realizam a absorção de água e nutrientes.

Pragas e doenças

Se suas plantas estiverem sendo cultivadas de forma adequada dificilmente serão atacadas por pragas e doenças. Estarão mais resistentes. Um exemplo é que caso não haja excesso de umidade, dificilmente fungos irão atacá-la.

Nunca corte o cabinho da flor

As orquídeas do gênero Phalaenopsis sempre florescem de novo a partir das hastes antigas. Corte a haste floral apenas no caso de a planta secar o cabinho por conta própria. Enquanto ele estiver verde, deixe-o na planta.

Não jogue fora o vaso

As pessoas pensam que as orquídeas morrem depois de dar flor. Isso não é verdade. Em alguns meses elas florescerão novamente. Algumas espécies do gênero Phalaenopsis, por exemplo, chegam a florir até três vezes por ano. (Com informações do blog.plantei.com.br)

Compartilhe
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais