Conecte-se a nós

Notícias

Explosão de carta-bomba em sede de ministério na Grécia mata 1 pessoa

Published

em

Atenas, 24/06/2010, (EFE)

 

Um ajudante do ministro para a Proteção do Cidadão grego, Michalis Chrisochoidis, morreu nesta quinta-feira em Atenas depois da explosão de uma carta-bomba que passou pelos controles de segurança do Ministério, informou a Polícia.

 


Fontes policiais consultadas pela Agência Efe em Atenas disseram que o homem que morreu se chamava Giorgos Vassilakis, tinha 52 anos e era agente da Polícia e ajudante de campo do ministro Chrisochoidis.

 


Segundo as primeiras informações, não foi feita nenhuma ameaça pelo telefone anteriormente e não se sabe quem é o responsável pelo ataque.

 


A explosão, que pôde se ouvida em todo o centro de Atenas, ocorreu perto das 21h15 locais (15h15, no horário de Brasília) no sétimo andar da sede do Ministério, depois que o pacote dirigido a Chrisochoidis conseguiu passar pelos controles de segurança por razões ainda desconhecidas. "Não nos aterrorizarão e continuaremos protegendo os cidadãos", disse o ministro, em declarações à imprensa na porta do edifício.

 


"Os assassinos covardes serão levados à Justiça para que paguem por seus crimes de acordo com a lei", acrescentou Chrisochoidis, que estava dentro do prédio quando a bomba explodiu.

 


Desde a aplicação pelo Governo de um severo programa de austeridade econômica este ano, o descontentamento social cresceu na Grécia, onde existe uma longa tradição de ataques e agressões contra políticos e empresários por parte de grupos anarquistas.

 

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: