Conecte-se a nós

Notícias

Ex-funcionário mantém refém filho de diretor de empresa em Florianópolis

Published

on

Foto: Daniel Queiroz/ ND/ Divulgação

Policiais militares foram mobilizados na manhã desta segunda-feira (5) em uma ocorrência de cárcere privado na empresa Schaefer Yachts, no bairro Estreito, em Florianópolis. A situação foi contornada por volta das 11h40, quando a vítima foi liberada e o autor foi preso após se render.

Por volta das 8h, o ex-funcionário da empresa André Nicacio, que era marinheiro e foi demitido há cerca de um ano e meio, entrou armado no escritório central e ordenou a saída de todos. Ficou apenas Igor Phelippe, que trabalha no setor administrativo e é filho de Pedro Odilio Phelippe, diretor executivo da Schaefer Yachts.

Segundo testemunhas, André chegou no carro do filho para não ser reconhecido, já com pistola em punho, e pelo menos três disparos foram ouvidos por funcionários. Imediatamente foi acionado o BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais), com a equipe de resgate de reféns, que iniciou as negociações.

André portava uma pistola calibre 380 com dois carregadores e mais dois clipes de munição. O ex-funcionário, que teria problemas de depressão, já enviava há algum tempo mensagens com ameaças ao empresário da Schaefer. Conforme testemunhas, ele pediu a participação da Polícia Federal nas negociações. Foram levados ao local o filho e a esposa de André, para tentar convencê-lo a desistir da ação.

Após a chegada da Polícia Militar não foi feito nenhum disparo, segundo o coronel Carlos Alberto Araújo Gomes Júnior, comandante geral da Polícia Militar de Santa Catarina. Às 11h15, funcionários da empresa entraram em grupos de cinco para retirar pertences pessoais que ficaram para trás.

Às 11h25, viaturas do BOPE entraram no imóvel e, por volta das 11h40, foi confirmado que a situação havia sido resolvida, sem vítimas. Segundo o coronel, a partir de agora será feita uma retrospectiva dos fatos na delegacia, para formalização. Sobre os motivos que levaram a André a praticar o ato, Araújo Gomes afirmou que será apurado se foi por motivações trabalhistas ou problemas psicológicos do autor.

“A habilidade do negociador foi fundamental para estabelecer um bom contato com o tomador de refém, estabelecer uma estratégia de rendição adequada e rápida, e também o fato de que a equipe ao redor, que lidou com essa crise, é bastante experiente, transmitindo confiança ao tomador de refém, e dando a ele garantia de que tudo terminaria bem”, disse o coronel.

Trabalhou na ocorrência o Cobra (Grupo Comando de Operações de Busca Resgate e Assalto), que tem especialistas em negociação. “Logo após a nossa chegada, esse grupo colocou equipes prontas para assaltar o local e resgatar o refém caso houvesse uma evolução negativa. Mas imediatamente se iniciou o caminho da conversa”, disse Araújo Gomes.

O coronel ainda afirmou que não houve nenhum tipo de agressão de André contra Igor. “É uma ocorrência que nós consideramos um sucesso clássico, com o tomador de refém preso, a arma apreendida e todos bem”.

 

Por NDOnline

Comentários
Compartilhe

Notícias

Notícias de segurança

Published

on

Por

Colisão

Corpo de Bombeiros, Samu e Polícia Militar foram acionados para atender a uma colisão, na Avenida Presidente Vargas, em Lages, por volta das 23h30 de domingo (15). O acidente aconteceu quando um Celta atingiu a traseira de uma Kombi que comercializa cachorro quente, estacionada em frente a concessionária Via Serra.

Não foram divulgados os nomes dos envolvidos, tampouco seu estado de saúde após o ocorrido. De acordo com a PM, os ocupantes do carro foram conduzidos pelo Corpo de Bombeiros e Samu ao Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, e o veículo foi recolhido ao pátio.

 

Princípio de incêndio

Também no domingo (15), por volta das 22h35, o Corpo de Bombeiros foi chamado para atender a um princípio de incêndio em vegetação, ocorrido na Rua João Lemos Machado, no Bairro Morro Grande, em Lages. O fogo atingiu cerca de 60 metros quadrados, mas foi facilmente controlado. Não houve vítimas.

 

Briga

No início da tarde de domingo (15) o Corpo de Bombeiros de Lages foi acionado para atender a dois homens que se envolveram em uma briga, na Avenida João Goulart, Bairro Tributo, em Lages. Após um desentendimento, M.S. e A.L. se agrediram usando pedaços de madeira e uma foice.

M.S. tinha ferimentos na parte da frente da cabeça e estava desorientado. A.L. tinha ferimentos na parte de trás da cabeça, mas estava lúcido. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, ambos tinham sinais de embriaguez e foram levados para a emergência do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres.

 

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo

Notícias

Mais um atropelamento na BR-282, em Lages

Published

on

Por

Um adolescente, menor de idade, foi atropelado enquanto andava de bicicleta pelo acostamento da BR-282, nas proximidades do Motel Villages, em Lages. O acidente aconteceu por volta das 19h30 de domingo (15), no KM 214.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Lages, o acidente aconteceu quando M.A.S.O., 65 anos, saiu da pista e atingiu a traseira da bicicleta. O homem dirigia uma Triton L200, com placas de Lages e, segundo a PRF, tinha indícios de embriaguez, porém se recusou a fazer o teste do bafômetro.

O Corpo de Bombeiros atendeu à vítima, que foi encaminhada para o Hospital Infantil Seara do Bem, em Lages, com ferimentos no rosto e suspeita de fratura no fêmur direito.

 

Colisão na Avenida das Torres

Ainda no domingo a PRF registrou outro acidente provocado por embriaguez, também na BR-282, nas proximidades do Lages Garden Shopping.

Um Kadett com placas de Lages  trafegava pela marginal da rodovia em velocidade acima da permitida, quando perdeu o controle e invadiu o canteiro que divide a Avenida das Torres, batendo contra o poste do sistema de monitoramento da Polícia Militar.

De acordo com a PRF o condutor E.S.M., cuja idade não foi divulgada, foi submetido ao bafômetro, que constatou alto índice de ingestão de álcool. Ele foi conduzido para a Central de Polícia, para os procedimentos legais.

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo

Notícias

Justiça arquiva delação contra Raimundo Colombo

Published

on

Por

Foto: Arquivo CL

O processo que apurava a delação premiadas envolvendo o então governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, foi arquivado.  O juiz Fernando Vieira Luiz, da 2ª vara criminal da Capital, aceitou a recomendação do Ministério Público de Santa Catarina. A informação foi divulgada pelo jornalista da NSC, Upiara Boschi. 

A delação envolvia integrantes do PSD apontados como beneficiários de R$ 10 milhões da empresa JBS. O acordo envolvia dinheiro para campanha eleitoral em troca da venda da empresa estatal de água e saneamento, Casan.

Colombo foi denunciado em abril. A Procuradoria-Geral da República ainda não havia apresentado uma denúncia sobre essa investigação,  a investigação estava com  27ª Promotoria de Justiça, que atua na área de moralidade administrativa.

Em um parecer de 14 páginas, a promotora Rosemary Machado Silva entende que a narrativa do delator Ricardo Saud, ex-executivo da JBS, não sobrevive à contextualização dos fatos.

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Instagram

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 . Centro . 88502-000 . Lages . SC . Brasil . Fone: 49 3221.3300 . correiolageano@correiolageano.com.br

CL+| Correio Lageano - Todos os direitos reservados ©