Conecte-se a nós

Essencial

Sem medo de sorrir

Published

em

Foto: Agnes Samantha

Deixando para trás todas as dificuldades encontradas com a dentadura, pode-se descrever a técnica de implantes dentários como a renovação de uma mordida perfeita e segura.

Hoje, o procedimento chamado Protocolo Dentário permite desenvolver dentes fixos em até 72 horas. Em três dias é feita toda a parte cirúrgica e protética do procedimento.

Indicado para pacientes com perda unitária, parcial ou de todos os dentes. O primeiro passo é a cirurgia com a instalação dos implantes dentários e a moldagem, depois são feitas provas da parte protética, onde será vista a mordida, cor, formato, posição dos dentes. Na terceira etapa, será implantada a prótese.

O cirurgião dentista, especialista em implantodontia e mestre em cirurgia buco maxilofacial Waldir Berger realiza o procedimento há alguns anos e garante que o paciente sai do pós-operatório podendo se alimentar normalmente. “A pessoa poderá mastigar qualquer tipo de alimento, até mesmo maçã, carne, pois estará com os dentes fixos novamente.”

Além disso, não existem restrições quanto a quem pode fazer o processo. Na clínica Sorrisos da Serra, onde Waldir atende, já foram feitos implantes em pessoas de 20 a 93 anos. Para estar apto, o paciente precisar ter a saúde em equilíbrio durante a intervenção. Sendo uma cirurgia ambulatorial, só será realizada no hospital por opção do paciente ou se tiver algum agravante de doença sistêmica.

“O pós-operatório é superconfortável, é muito mais tranquilo que uma extração, por exemplo” comenta ele.

Depois de instalada a prótese fixa, o controle da placa bacteriana será feita através da escovação, uso de fio dental e enxaguantes bucais. Outra opção são os aparelhos com jatos de água, semelhantes aos usados pelos dentistas.

Depois de instalados, os implantes são eternos e a prótese tem longa durabilidade, tudo vai depender da forma do uso e agravantes como o tabagismo, chimarrão, café e vinho tinto, fatores que alteram a cor do dente. Então, depois de 10 ou 15 anos o paciente pode optar pela substituição da prótese, mas sem necessidade de nova cirurgia.

 

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: