Conecte-se a nós

Negócios

Emprego: comércio fecha maio com saldo positivo

Published

em

Daiane Neves é gerente da loja Planeta na Correia Pinto - Foto: Patrícia Vieira

Embora o saldo do emprego formal, em maio, tenha sido positivo no Brasil, em Lages foi negativo. O setor de serviços foi o que teve o pior resultado, no comércio o saldo foi positivo. No mês, o município perdeu 116 vagas, resultado das 1.163 admissões contra 1.279 desligamentos. Já no ano, considerando-se de janeiro a maio, o saldo do município é positivo com a abertura de 205 vagas.

Para se ter uma ideia da movimentação em maio, somente no setor de serviços foram contratadas 375 pessoas, porém outras 500 foram dispensadas. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), apresentado pelo Ministério do Trabalho.

Em contrapartida, o comércio lageano foi o setor econômico em destaque. Foram 361 admissões e 335 desligamentos, o que resultou no saldo positivo de 26 novos empregos. Um exemplo, apesar de não ser no mês de referência, é a unidade da Loja Planeta, na Rua Correia Pinto, inaugurada em março, gerou 19 novos postos de trabalho na cidade. Uma destas vagas é a da gerente da loja, Daiane Neves.

Segundo o diretor executivo da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Lages, Jhonathan Roberto da Silva, a expectativa do comércio é de aumentar as contratações no setor. Para esta época do ano, devido ao frio as vendas aumentam e consecutivamente há necessidade que novas vagas sejam preenchidas.

Santa Catarina fecha 4,4 mil vagas de emprego

Santa Catarina, que apresentava saldo positivo desde janeiro, também teve um resultado negativo em maio com o fechamento de 4.484 postos de trabalho. No total foram 75,6 mil admissões contra 80,1 mil desligamentos no período.

Mesmo com o saldo negativo no último mês, a geração de empregos no Estado, no acumulado do ano, continua positivo com 37,5 mil postos de trabalho. No acumulado dos últimos 12 meses Santa Catarina gerou 42.369 empregos.

Emprego formal cresce no país

No Brasil, o mês de maio fechou com 33.659 postos de trabalho a mais do que abril, que já há havia apresentado números positivos. O resultado é decorrente de 1.277.576 admissões e de 1.243.917 desligamentos.

Com esse resultado, 2018 já acumula 381.166 novos postos de trabalho. O quadro também é otimista se avaliados os últimos 12 meses. Entre junho de 2017 e maio de 2018, houve um crescimento de 284.875 postos de trabalho

Outro dado apresentado pelo Caged que reforça o quadro de otimismo para o emprego foi o fato de que, dos oito setores econômicos, seis apresentaram crescimento em maio. Ou seja, quase todas as áreas da economia tiveram expansão.

Houve criação de vagas em Agropecuária, Serviços, Construção Civil, Serviços Industriais de Utilidade Pública (SIUP) , Extrativa Mineral e Administração Pública. Foram registradas quedas no nível de emprego apenas nos setores do Comércio e Indústria de Transformação.

Evolução do emprego em Lages

Setores: Admissão – Demissão – Saldo – No ano

Extrativa Mineral: 0; 1; -1; -4

Indústria da Transformação: 279; 300; -21; 445

Serviços Industriais de Utilidade Pública: 11; 5; 6; 6

Construção Civil: 68; 69; -1; -25

Comércio: 361; 335; 26; -134

Serviço: 375; 500; -125; -39

Agropecuária: 69; 69; 0; -44

Total: 1.163; 1.279; -116; 205

Base: Maio/18

Fonte: Caged

Compartilhe
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais