Conecte-se a nós

Eleições

Eleitores que não fizeram biometria podem ter digital cadastrada

Published

em

Em todas as cidades, haverá a possibilidade de votar com biometria - Foto: Tribunal Superior Eleitoral/ Divulgação

A eleição deste ano tem uma novidade para quem não cadastrou sua digital. O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE/SC), por meio de convênio com o Instituto Geral de Perícias (IGP), importou 500 mil biometrias que o órgão possui em seu banco de dados.

Então, alguns eleitores que não foram ao Cartório Eleitoral para fazer a biometria, podem já ter suas digitais cadastradas. “Não foi possível ter todas as digitais, porque há carteiras de identidade mais antigas, da época só do papel. Quando o eleitor for votar, o sensor acenderá de forma automática para quem tem o registro”, explica o secretário de Tecnologia da Informação do TRE/SC, Álvaro Sampaio Corrêa.

Em ambos os casos, é preciso levar um documento com foto e, se possível, o título de eleitor para os mesários encontrarem com mais facilidade o nome da pessoa no caderno de votação. É melhor levar, também, porque facilita para encontrar a sessão na zona eleitoral.

De acordo com o TRE/SC, há uma estimativa de que 20% dos eleitores de cada cidade não tenham feito a biometria. Em Lages, 57 mil pessoas fizeram o cadastro biométrico e 13 mil serão importados do IGP. O município possui 123 mil eleitores, segundo Corrêa.

Ele ressalta a importância de os eleitores levarem uma cola com os números dos candidatos. “Pode dar fila nas sessões eleitorais, porque o voto com biometria demora mais. Não há um horário melhor para votar porque depende muito da zona eleitoral, mas se o eleitor chegar até às 17 horas, recebe uma senha.”

Há possibilidade de tentar o voto com a digital quatro vezes. Se a pessoa usou algum produto químico, pode ser difícil para a máquina reconhecer. Caso isso aconteça, os mesários fazem um questionamento para o eleitor e se a informação bater com o cadastro, a pessoa é habilitada para o voto.

Se o eleitor não fez a biometria?

Quem não fez a biometria e vota em cidades em que este sistema não é obrigatório, conseguirá votar normalmente, assinando o caderno de votação e apresentando o título de eleitor e um documento com foto.

Caso a pessoa não tenha feito a biometria e vote em um município onde é exigida, já teve o título de eleitor cancelado e não poderá votar nessas eleições. Após o período eleitoral, terá de regularizar a situação e pagará uma multa. Através do site do TRE ou pelo aplicativo e-Título, é possível saber se o título foi cancelado.

Biometria na Serra Catarinense

Não obrigatório

  • Anita Garibaldi
  • Bocaina do Sul
  • Bom Jardim da Serra
  • Campo Belo do Sul
  • Capão Alto
  • Cerro Negro
  • Correia Pinto
  • Lages
  • Otacílio Costa
  • Painel
  • Palmeira
  • Ponte Alta
  • Rio Rufino
  • São Joaquim
  • São José do Cerrito
  • Urubici
  • Urupema

Obrigatório

  • Bom Retiro

Fonte: Site do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio
%d blogueiros gostam disto: