Eleições

Eleição serviu para testar sistema biométrico

Published

em

Foto: Camila Paes

Chegar cedo nas escolas para votar é tradição, há quem se programe para chegar em sua seção no primeiro horário para evitar filas, mas no domingo (7) não teve jeito. Cedo ou tarde, os eleitores precisaram enfrentar as filas e ter uma boa dose de paciência, afinal, os testes de biometria atrasaram o processo de votação.

Quem não tinha cadastramento biométrico também teve a oportunidade de votar desta forma, desde que tivesse os dados atualizados na Secretaria de Segurança Pública, que cruzou as informações com a Justiça Eleitoral, para que as digitais dos eleitores pudessem ser reconhecidas no dia da eleição. Porém, pessoas que estavam com dados desatualizados ou digitais desgastadas precisaram fazer o trâmite manual.

Na Serra Catarinense, apenas Bom Retiro tinha por obrigatoriedade o cadastramento biométrico, mesmo assim, futuramente, a biometria será obrigatória em todo o país, por isso, a importância das pessoas compreenderem o tempo de espera na fila, salienta o juiz eleitoral da 21ª zona eleitoral, Antonio Carlos Junckes dos Santos. O cadastramento foi encerrado em maio e estará fechado até o dia 4 de novembro, depois disso, o Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina divulgará novas datas.

O processo de verificação por digital, segundo o juiz, é para aumentar a segurança dos eleitores e também dos votos. O Projeto de Identificação Biométrica da Justiça Eleitoral tem por objetivo implantar em âmbito nacional a identificação e verificação biométrica da impressão digital para garantir que o eleitor seja único no cadastro eleitoral e que, ao se apresentar para o exercício do voto, seja o mesmo que se habilitou no alistamento eleitoral.

A biometria  fortalece os critérios de garantia de habilitação do eleitor para votar, anteriormente restritos à conferência de documentos de identificação – procedimento manual que dava margem a falhas – e ao controle por parte de delegados e fiscais de partidos, cuja presença não depende de ações da Justiça Eleitoral.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com