Conecte-se a nós

Esportes

Dupla quer vitória inédita no Rally dos Sertões

Published

em

Foto: Marcelo Machado/Divulgação

A edição de número 26 do Rally dos Sertões, a ser disputada de 18 e 25 de agosto, entre Goiânia e Fortaleza, terá 312 competidores, divididos em 196 carros, motos, quadriciclos e UTVs, nas categorias Cross Country e Regularidade, além das expedições de carro e moto. O lageano Gustavo Gugelmin será navegador do paulista Reinaldo Varela com um UTV Can-Am Maverick X3, entre os 46 veículos participantes da modalidade

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin são versáteis e procuraram novos desafios em suas vitoriosas carreiras. Separadamente, eles fizeram provas e campeonatos em autódromos e kartódromos, ralis de regularidade, de velocidade e no Rally Cross Country formaram uma dupla de sucesso, com vitórias em campeonatos brasileiros, sul-americanos, mundiais, norte-americanos, tanto com carro como com UTV.

“Vamos continuar desenvolvendo e aperfeiçoando o Maverick X3 e nada melhor para isto do que participarmos do melhor rali do Brasil com UTV”, comentou Gugelmin. Já Reinaldo Varela conquistou duas vitórias (2000 e 2015) na categoria Carros.

“Vencer o Rally dos Sertões é o sonho de todos os ralizeiros. Eu e o Reinaldo tivemos o prazer de vencer, três anos atrás, na categoria Carros e será um feito inédito ganhar agora com UTV. Será muito bacana se este título permanecer dentro da equipe Divino Fogão/Can-Am, e maravilhoso se eu e o Reinaldo pudermos acrescentar em nosso currículo mais esta conquista”, emenda Gugelmin.

Gustavo está otimista e ansioso por correr no Rally dos Sertões pela primeira vez com um UTV, e fazendo dupla com um grande vencedor, Reinaldo Varela. “Este ano vai ser diferente. Disputamos com os filhos dele na mesma equipe e categoria. Vai ser bem bacana, uma experiência diferente”, explica ele que vem de vitória no Rally Dakar com o piloto Reinaldo Varela. E ainda foi campeão com o Bruno, filho de Varela, em Marrocos. Já Reinaldo colocou o Brasil no topo do mundo no Rally do Paraguai.

“A receita é de competitividade. Estamos em excelente nível. Estou ansioso para que chegue o dia da largada para ver como o UTV vai desenrolar”, completa Gustavo. “Sempre conquistamos pódio nas corridas. A intenção, sempre, é ganhar”, complementa.   

 

Número

 

3.607 quilômetros. Uma das maiores provas off-road do mundo terá roteiro desafiador passando pelos estados de Goiás, Bahia, Piauí e Ceará e recorde absoluto no número de inscritos na categoria UTV, com 46 veículos participantes.

 

 

 

 

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio
%d blogueiros gostam disto: